quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

AMAR POR SER UMBANDISTA

A cada dia que o Pai Criador, me permite estar neste plano; só tenho pensamentos em agradecer-lhe por tudo que está me proporcionando. Quer seja uma água, a escova e a pasta de dentes e melhor meu braço que posso movimentar e a boca para abrir e poder fazer minha higiene bucal. Agradeço a seguir o pão e café que me permite saciar meu corpo. Abro a janela e vejo a luz, e só tenho a agradecer-lhe por estar vendo quer esteja o brilho do sol em minha faze, quer sejam as gotas de água da chuva que alem de limpar as impurezas que jogamos no ar, vem favorecer aos meus Irmãos(ãs) que se dedicam na agricultura para que possamos ter nossos alimentos. Ao sair, e encontrar meus Irmãos(ãs), sem questionar, pensar, poder dar-lhes por meio de minha fala um BOM DIA! Encontrar no caminho aonde quer que vá, pássaros , árvores frondosas, crianças brincando, fazendo com que pulse em mim a alegria de sentir mesmo que seja uma felicidade passageira, mas sinto. Ver um Irmão(ã) jogado ao chão, e não pensar duas vezes o que devo ou não fazer, senão o de elevar meus pensamentos ao Pai Criador e solicitar-lhe que tenha misericórdia do mesmo e faça que sua avalanche de servidores do amor, da luz, da paz, desçam para que possam fazer com que aquele(a) Irmão(ã) recomece uma vida nova, repleta de sonhos, de esperanças, de fé, que augure ser como qualquer um de nós e não se entregar como se nada fosse possível para ele(a). Ao almoçar, agradeço ao Pai, o carinho e amor que proporciona de ter o alimento necessário para sustentar este corpo que ele me emprestou para poder agir neste plano em remissão as minhas falhas e omissões do passado. Fico ainda mais feliz, ao poder mentalizar a todos irmãos(ãs) que estão nos Hospitais de todo planeta, que nosso Mestre Maior , Jesus, possa com sua misericórdia, fazer com os que não aceitam aquela condição que estão passando dando-lhes o entendimentos, aos outros a serenidade e o lenitivo contra as dores físicas, elevando-os para a parte espiritual que nada sofre. Percorro os asilos de velhinhos e de crianças e invoco ao meu Pai Misericordioso que não permita aos que lá estão isolados, que admitam a revolta o ódio e sim o perdão a todos que permitiram que chegasse a esses lugares, e aos que praticaram estes atos, que tenham uma reflexão, entendam de seus erros e possam ainda neste plano vir a corrigi-los. Meus pensamentos chegam aos apenados, que possam ter cometidos as maiores atrocidades que nós seres humanos nos revoltamos, mas não posso e não devo julgar a nenhum deles. Faço é enviar minhas energias pedindo ao Pai de Misericórdia, que cada um deles(as), repensem, e tomem atitudes de se redimir ainda neste plano, tornando-se respeitáveis, honestos, e seguindo a linha do amor e do perdão. Se entro em um ônibus, ao invés de questionar qualquer assunto ou escutar sobre algo que nada possa me elevar, peço ao Pai, que permita que o motorista conduza-nos com paz, tranquilidade e respeite as leis dos homens. Se ao chegar ao trabalho cada um de nós, antes de entrar fizesse uma prece mental pedindo ao Criador, que tornar-se o dia de trabalho com paz, harmonia, sem haver a intriga, a inveja, o rancor, acredito que o dia seria bem mais tranquilo sabendo que o Pai o permitiu ter um lugar onde pode obter o sustento de seus entes queridos se importar que ao seu lado exista um Irmão(ã) que possa não ter as mesmas qualidades sua entretanto tem maior favorecimento monetário. Enfim; se cada um de nós que dizemos ser Cristãos, sabermos que somos todos Irmãos, filhos do mesmo Pai Criador que não difere seu amor por um ou outro e sim por todos, agirmos a cada dia que nos é dado como PRESENTE; certamente estaremos caminhando para sermos e não termos a FELICIDADE que todos almejam, quer seja parte aqui neste plano, que ainda noutro que todos iremos compartilhar. Por tudo isso é que nos meus 40 anos de pesquisas, leituras, e procurando sempre na humildade praticar os ensinamentos que venho aprendendo por meio de meus guias, meus protetores, enviados pelo alto para nos ensinar na UMBANDA O AMOR A HUMILDADE E A CARIDADE INCONDICIONAL a todos e a tudo que nos cerca legados por nosso Pai para que pudéssemos ver em tudo, a grandeza, a beleza e o poder sem mencionar o amor que possue por todos nós. Somente os que iniciam a jornada de entender que somente o amor a tudo que o Pai nos legou é que nos levará ao caminho da Paz, da Harmonia, do Equilíbrio, sem precisar de Religiões, de Credos, de dogmas, somente entender que se quero ser amado, que eu pratique o amor ! Um amor eterno a cada Irmão( a) que possa ter cometido uma falha ou omissão nessa ou em outras vidas! Antonio Carlos - Vô Cipriano