terça-feira, 31 de maio de 2016

Instituto Cultural Sete Porteiras do Brasil
Av. Tiradentes, 1290 - próximo ao metrô Armênia
central@seteporteiras.org.br
(11) 3313-5253 - (11) 2089-0327
 
Série: Florais de Bach
Crab Apple
Por Barbara Scritori
 
Quantas vezes, em certos momentos, você não conseguiu enxergar os seus próprios valores e suas qualidades?
Quantas vezes você teve aversão de si mesmo ou se olhou com desgosto?
Quantas vezes você já evitou um espelho?
Ou quantas vezes você ja perdeu tempo demais em um?
Quantas vezes recusou o corpo que tem, perdendo horas na academia, colocando seu corpo no limite e exaustão, e ainda sim, nunca conseguiu se sentir bom o suficiente, sempre vendo aquele peso a mais em evidência?
Claro que treinar é bom, faz bem ao corpo e a mente. Mas nada que chega ao extremo é bom, principalmente em nossa sociedade atual e seu respectivo culto ao corpo, responsavel pela criação da geração de meninas bulimicas e anorexas, sem perceber, ou de homens que "precisam crescer" para sentirem-se homens de fato.
Quantas vezes o padrão de beleza imposto, distorceu o seu padrão?
Quantas vezes por um único detalhe, você esqueceu de olhar a beleza do todo?
Quantas vezes teve vontade de fugir de si mesmo?
Ou ate mesmo, quantas vezes aquela mania de limpeza passou dos limites dentro de casa? Ja que muitas vezes, quando temos algo que consideramos muito "impuro" dentro de nós, exteriorizamos.
Esta muito sujo fora? Está muito sujo dentro? O corpo esculta o que sua mente diz e aí reflete em enfermidades físicas.
Muitas vezes é preciso olhar o todo e aprender a ter um olhar mais generoso consigo mesmo. Ganhar uma visão mais proporcional a realidade.
O todo é o essencial!
Esqueça, por um instante, aquela ideia de Descartes sobre as partes. Nós somos resultado do Todo, da Unidade. Nós e nossos antepassados.
Quer mudar? Mude. Mas isso começa quando aprendemos a ver com um pouco mais de carinho cada célula do sistema primeiro, o que seria o resultado dessa essência, quando positiva em nós.
Crab Apple fala de detalhes, e de quem se apega demais a eles. E quando focamos demais, perdemos a perspectiva do todo, o que nos impede de fluir com a totalidade da vida.
Será que aquilo que você está achando feio, impuro, sujo e imperfeito demais, não está te atrapalhando a ver a beleza da vida e a viver a realidade do presente?!

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Instituto Cultural Sete Porteiras do Brasil
Av. Tiradentes, 1290 - próximo ao metrô Armênia
central@seteporteiras.org.br
(11) 3313-5253 - (11) 2089-0327
 
Sono: Fuga ou recarga? (última parte)
Por Barbara Scritori
 
...Há florais para por os pés no chão e ficar acordado para enfrentar o que precisa ser enfrentado? Claro que há e muitos o chamam de Clematis. Mas na mesma sequência anterior, se você não souber do que está fugindo, de nada irá adiantar. Será apenas um paliativo para aquele momento.

Lembre-se: Quando entendemos o que está de fato acontecendo, menos aquilo terá controle sobre nós e mais rápido chegamos a solução daquele problema. E criando consciência do processo em questão, menos poder ele terá sobre você e mais rápido você se libertará daquilo.

Viver a realidade nunca é fácil, e as vezes a maneira que encontramos para lidar com isso é postergando essa realidade, as vezes dormindo ou as vezes ficando no 220 em plena 3 horas da manhã, com o corpo todo em alerta.

Mas a realidade vai continuar ali para você resolver o que precisa ser resolvido. E para resolver qualquer coisa, precisamos acima de tudo estarmos lúcidos para enxergarmos uma solução plena e também descansados, em que o sono em questão se torna um reparador e não mais aquelas horas dormidas, mas que não nos dão a sensação de descanso.
Sendo assim, te pergunto: e o seu sono, anda sendo fuga ou recarga pra você?

Estudando a Umbanda

Instituto Cultural Sete Porteiras 

)



Instituto Cultural Sete Porteiras do Brasil
Av. Tiradentes, 1290 - próximo ao metrô Armênia
central@seteporteiras.org.br
(11) 3313-5253 - (11) 2089-0327
 
Live - Pretos-Velhos - 30.05  às 20h30
Olá,
O Instituto Cultural Sete Porteiras do Brasil, a plataforma de ensino a distância Estudar em Casa e a Loja Sol de Aruanda tem um convite especial para você!

Dia 30.05, segunda-feira às 20h30, haverá uma transmissão ao vivo em nossos canais.

O tema será sobre Pretos-Velhos com os seguintes conteúdos:
- Pontos cantados (Com a Participação dos Ogãs Paulo de Xangô e Júnior. Atabaques)
- Apresentação do conteúdo gratuito da plataforma sobre Pretos-Velhos que está no ar
- Pretos-Velhos e a Arte do Benzimento
- Produtos e lançamentos sobre itens, ferramentas e paramentas desta linha de trabalho

Você vai ficar de fora dessa?

Serão 3 transmissões simultâneas pelos canais:
https://www.facebook.com/seteporteiras
https://www.facebook.com/EstudarEmCasa
https://www.facebook.com/SolDeAruandaLoja

Vem com a gente!
Viva as Almas!
    

Centro de Iluminação Nosso Lar



Publicado: 29 de maio de 2016 11:00 PDT

Trabalho de Caboclo com Xamanismo e Pajelança
Sexta - 03.06.2016 - 20:00
O poder de cura com as ervas, equilíbrio dos pontos de energia com as técnicas xamânicas da casa, todo o axé e energia dos caboclos corretamente aplicados a medida da necessidade de cada pessoa.

Trabalho de Catimbó - Homenagem a Santo Antônio
Sexta - 10.06.2016 - 20:00
Culto alegre da jurema sagrada, uma mistura de catolicismo, pajelança e magia europeia, muito popular e utilizada principalmente na região nordeste do nosso país.
Homenagem a Santo Antônio, padroeiro do Catimbó, poderoso, milagroso, casamenteiro, padroeiro do Catimbó e sempre tão presente em nossa casa.

Ritual de Bruxaria - YULE - Solstício de Inverno
Sexta - 17.06.2016 - 20:00
Ritual da Fertilidade, da Paz e União em Família.
Época de restaurar nossas esperanças e iluminar nossos corações, se aproxima a noite mais escura e longa do ano, porém é o dia em que a semente da luz volta ao nosso mundo, no auge da escuridão nasce a luz!

Trabalho Fechado – Ritual de Preparação do Banho de ABÔ
Quinta - 23.06.2016 - 20:00

Trabalho de Prosperidade (Exu e Pomba-Gira)
Sábado - 25.06.2016 - 18:00
Trabalho com os Guardiões (Exu) e Guardiãs (Pomba-Gira), voltado para proteção e conquistas tanto materiais quanto amorosas.
Limpeza com Marinheiros ao final deste trabalho.

Grupo de Umbanda Triângulo da Fraternidade: Quem são e como atuam as Caboclas na Umbanda?

Grupo de Umbanda Triângulo da Fraternidade: Quem são e como atuam as Caboclas na Umbanda?

Grupo de Umbanda Triângulo da Fraternidade: O transe e a manifestação dos ORIXÁS na UMBANDA.

Grupo de Umbanda Triângulo da Fraternidade: O transe e a manifestação dos ORIXÁS na UMBANDA.

domingo, 29 de maio de 2016


O curso online A arte do Benzimento Brasileiro começa
hoje. Já estamos quase encerrando as inscrições, então aproveite para garantir a sua vaga.
Alguns tópicos abordados nesse curso online, que foi totalmente reformulado, ampliado e com conteúdo inédito.
  • Histórico do Benzimento no Brasil
  • Introdução ao Benzimento
  • Regras e conceitos para o Benzimento
  • O verbo
  • Benzimento à distância
  • Benzimento contra males da garganta
  • Benzimento com chave para residências e comércios
  • Benzimento para cólicas
  • Benzimento para depressão
  • Benzimento para dores localizadas
  • Benzimento para crianças
  • Benzimento para tosse
  • Água benta
  • Benzimento cantado
  • Benzimento para terçol
  • Benzimento para azar
  • Benzimento para cardiopatias
  • Banimentos com rezas
  • Benzimento para bebedeira
  • Benzimento de banho
  • O mau-olhado
  • Benzimento para mau-olhado
  • Benzimento para fartura
  • Benzimento para quebranto com tesoura
  • Benzimento para criança com pesadelo
  • Benzimento para Grávida
  • Benzimento para quebra de maldições
  • Conjuro de tabaco nos Benzimentos
  • Benzimento para viagens
  • Conjuro de vela no Benzimento
  • Benzimento para encaminhar espíritos desencarnados
  • Benzimento com linha e agulha para lesões
  • Benzimento de saúde para animais (com fita)
  • Benzimento de proteção para animais
  • Benzimento para animais perdidos
  • Benzimento para coluna
  • Benzimento com incensos
  • Benzimento com sinais
  • Benzimento para erisipela
  • Benzimento contra maus espíritos.
  • Benzimento para dor de dente
  • Benzimento para enxaqueca
  • Benzimento para insolação
  • Benzimento para comércio
  • Benzimento para torcicolo
  • Benzimento para jogos e embriaguez
  • Benzimento para soluços
  • Benzimento para febres
  • Benzimento para feridas na perna
  • Benzimento para o fígado
  • Benzimento para fogo selvagem
  • Benzimento para furúnculos
  • Benzimento para hérnias
  • Benzimento para herpes
  • Benzimento para inflamações
  • Benzimento para magreza de crianças
  • O autobenzimento
  • O poder da oração
  • Tipos de orações
  • Almas do purgatório e almas benditas
  • Prece, silêncio e jejum
Jorge Scritori
Presidente do Instituto Cultural Sete Porteiras do Brasil, graduado em Gestão Ambiental e criador do Canal Curiosidades da Fé. Pesquisador e incentivador das práticas nativas brasileiras e todas as suas tradições irmãs espalhadas pelas Américas. Aluno eterno das tradições que tem como base a meditação e as Ervas de Poder. Com ética, respeito e compromisso, dirige um corpo mediúnico de quase 100 integrantes, todos preparados e voltados para o exercício de sua religiosidade mediúnica, expressada dentro da Umbanda Tradicional, promovendo o amadurecimento e crescimento dos cinco pilares básicos: amor, sorte, saúde, proteção e prosperidade. Tata de Kimbanda, líder do Kilombo Singanga Brasil.
Outros cursos online
Pretos-velhos
Alan Barbieri
Filhos e filhas dos Orixás
Marina Nagel

LIVRO GRATUITO SOBRE PROFECIAS EM CURTO PRAZO

sábado, 28 de maio de 2016

Umbanda, eu curto! 

para mim
Declare seu Amor pelos Orixás!Não consegue ver as imagens? Clique aqui...

Promoção "Meu Amor pelo Orixá"

Saiba como ganhar uma bolsa integral do curso de Orixás na Umbanda e ter seu texto publicado no Blog Umbanda EAD e site Umbanda, eu curto!
[ATENDIMENTO] Pretos-velhos
Instituto Cultural Sete Porteiras do Brasil
Av. Tiradentes, 1290 - próximo ao metrô Armênia
central@seteporteiras.org.br
(11) 3313-5253 - (11) 2089-0327

Atendimento
30/05  •  20h

Pretos-Velhos

Nesta segunda-feira, 30 de maio, teremos aconselhamento com a linha dos pretos-velhos, que irão benzer os consulentes com arruda.
Adorei as almas!
Sugestão para o trabalho: traga um maço de arruda.
 
O atendimento é gratuito e por ordem de chegada.

Estamos localizados na Av. Tiradentes, 1290 - próximo ao metrô Armênia (linha azul), em São Paulo.
SAIBA COMO CHEGAR

143 - Milagres

sexta-feira, 27 de maio de 2016



Home
As Cores e os OrixásImprimirE-mail
Da mesma forma que utilizar a cor do signo correspondente, atrai as energias do mesmo, ao utilizar as cores do orixá protetor também direciona suas energias benéficas para seus filhos.
Conheça um pouco dos principais orixás e veja qual a sua cor básica correspondente:
Fonte de pesquisa. Revista mãos de anjo, edição nº. 5. Ano 1.



EXU

O exu é o orixá dos caminhos e encruzilhadas, lugares apropriados ao seu papel de mensageiro entre os homens e os deuses e entre esses e os homens. É também o guardião dos templos, das casas e das cidades.
Suas cores são o vermelho e o negro.

OGUM

Ogum é o orixá da guerra, da agricultura e da vingança, reinando sobre o fogo que transforma o fogo dominado pela técnica do homem. Protege a todos que utilizam instrumentos de ferro, em seu trabalho, pois é o patrono da metalurgia. Tendo sido o mais antigo dos artistas, já que foi o primeiro a confeccionar objetos, tornou-se também, o protetor dos artistas plásticos.
Sua cor é o azul-escuro (no candomblé), e vermelho e branco (na umbanda).

OXÓSSI

Oxóssi é o orixá da caça (somente sacrificada por absoluta necessidade de alimentação) e da vida dos animais selvagens, protegendo os caçadores e caminhantes.
Sua cor é azul-turquesa, que é a cor do céu no inicio do dia.

LOGUNEDÉ

Logunedé é um orixá da natureza andrógina, (que reúne em si as características dos dois sexos; hermafrodito) que durante seis meses é homem e caça na floresta com oxóssi, seu pai; e nos outros seis meses é mulher, morando nos rios com oxum, sua mãe, e alimentando-se de peixes. Logunedé é uma síntese de dois orixás: oxóssi e oxum.
Suas cores são; o azul-turquesa e o dourado.

OSSAIM

Ossaim (também conhecido como ossanhã) é o orixá responsável pelas folhas medicinais - pelos remédios e pelos venenos – pelas ervas sagradas. É o rei da floresta, sendo considerado o orixá da medicina.
Os filhos de ossaim podem exercer o oficio de curandeiros, pois conhecem as qualidades medicinais das plantas e das folhas.
Sua cor é o branco rajado de verde.

XANGÔ

Xangô é o guerreiro destemido, viril e violento, senhor do raio e do trovão, do vulcão e das descargas elétricas. É considerado o orixá da justiça. E para castigar, Xangô usa o fogo e os raios. Acredita-se que Xangô castiga principalmente os mentirosos, os ladrões e os bandidos.
Suas cores são o branco e o marrom.

OMOLU OU OBALUAIÊ

Omolu, ou Obaluaiê, é o medico dos orixás e o senhor da cura, das chagas e de outras moléstias. É o dono das doenças epidêmicas, especialmente a varíola. É o orixá da vida e da morte, da doença e da cura. Sendo por isso, muito temido e respeitado.
É chamado Omolu quando representado como velho e de Obaluaiê quando moço. Seu nome Omolu, significa filho-do-senhor e Obaluaiê, senhor da terra. Omulu possui o rosto coberto para impedir a visão das chagas produzidas pela doença.
Suas cores são o branco e o preto.

OXUMARÉ

Oxumaré e o orixá do arco-íris. É o símbolo da força vital, do movimento, da ação e da transformação, da continuidade e da renovação. É um orixá andrógino, bissexual: durante seis meses é masculino, representado pelo arco-íris; e durante os seis messes restantes, feminino, e nessa fase, é uma cobra que vez ou outra se transforma numa linda deusa.
Suas cores são verde rajado de preto, ou amarelo rajado de preto.

IANSÃ

Iansã é a senhora dos ventos, dos raios e das tempestades. É o orixá que protege contra os desastres e acidentes. E que traz coragem e impulsividade. É a principal esposa de Xangô. E junto com ele, é responsável pelas tempestades, sendo que Xangô pelos relâmpagos e trovoes, e Iansã pelos ventos que os acompanha.
As cores de Iansã lembram o fogo, podendo ser vermelho ou marrom-telha.

OXUM

Oxum é o orixá que rege as águas doces, principalmente a das cachoeiras, dos rios ou as águas tranqüilas dos lagos. É a protetora do ventre, principalmente do baixo ventre.
E como Yemanjá, também esta associada à fertilidade e à maternidade, sendo que Oxum é a jovem mãe que ainda mantém algo de adolescente.
Oxum também é orixá da sexualidade. É a quem se recorre nos casos de amor de modo geral, casamento, paz no lar e também assuntos de dinheiro, já que ela é a deusa do ouro.
Sua cor é o dourado.

 YEMANJÁ

Yemanjá é o orixá das águas salgadas, a do mar e a das lagrimas da mãe que sofre pelos filhos. Assim como oxum, também é orixá da maternidade.
Além da imagem de mãe, Yemanjá é também uma mulher bela, vaidosa, que gosta de receber presentes e enfeitar-se.
Suas cores é o branco, o azul translúcido e o prateado.

NANÃ

Nanã é conhecida como o orixá da purificação, a quem se recorre nos casos de catástrofes de ordem física, material e espiritual. Mas o traço mais característico de Nanã é a senilidade, razão pala qual é o orixá dos velhos. Dos três orixás das águas – Nanã – Yemanjá e Oxum – ela é a mais velha.
Nanã mora nas águas paradas, nos pântanos, na lama, lembrando o barro primordial com que o mundo foi moldado.
Suas cores são o branco listrado de roxo ou o branco listrado de azul.

OXALÁ

No Brasil, Oxalá é considerado o governante de todos os orixás e do mundo.
Está associado à pureza e à justiça, assim como à figura respeitosa do velho patriarca. É o pai da criatividade e da fecundidade. O mais forte e mais potente de todos os orixás. O senhor das águas brancas da purificação. Apresenta-se com duas personalidades, a do homem idoso e maduro, Oxulafã, e a do jovem impetuoso, Oxaguiã.
Sua cor é o branco (pois é soma do todas as cores).

ACADEMIA: Texto= Renovação da Umbanda Urbana contemporânea: Por Luan Rocha de Campos

Dear Antonio, You read the paper " Algumas observações em torno da renovação na Umbanda urbana contemporânea "...