segunda-feira, 24 de dezembro de 2018

Ano da Tempestade segundo Núcleo Mata Verde


Manoel 

dom, 23 de dez 18:42 (Há 16 horas)
para eu
O ano da Tempestade
Em complementação ao texto do dia 18/12/2018 que denominamos “Qual será o orixá regente de 2019”, disponível em http://www.blog.mataverde.org/qual-sera-o-orixa-regente-de-2019/ ,  resolvemos fazer alguns comentários sobre este assunto.
Antes queremos chamar a atenção do leitor para algumas questões tratadas nos textos apresentados em anos anteriores e que tiveram como princípio a numerologia sagrada.
Numerologia Sagrada, ou Numerologia Setenária faz parte do conteúdo programático estudado pelos membros do Núcleo Mata Verde.
Núcleo Mata Verde é um Terreiro de Umbanda, que além do atendimento espiritual ao público, possui estudos voltados a espiritualidade e umbanda, é também chamado de Escola Iniciática do Caboclo Mata Verde.
Numerologia Sagrada é um estudo amparado pela espiritualidade e tem  Xangô Sete Pedreiras como o mentor encarregado de orientar sobre este assunto.
Estamos divulgando alguns textos, que foram realizados utilizando a Numerologia Sagrada, para mostrar aos interessados esta técnica umbandista e suas possibilidades.
Já faz alguns anos que estamos registrando com antecedência alguns estudos voltados a pesquisar as “tendências temporais”, e para isso utilizamos do conhecimento da Numerologia Setenária.
É importante registrar que em todos estes estudos, somente utilizamos os conceitos da numerologia setenária, que é um conhecimento umbandista, e em momento algum fizemos uso de Jogo de Búzios (Culto de Nação), Numerologia Pitagórica, Astrologia, Leitura de cartas, etc…
numerologia setenária é uma técnica que pode ser estudada por qualquer pessoa, e está disponível com o título de Numerologia Sagrada e a Magia do Tempo em www.ead.mataverde.org .
Numerologia Setenária pode ser utilizada para muitas finalidades, que são apresentadas durante o curso, uma destas finalidades é pesquisar sobre as tendências temporais, que podem ser aplicadas em várias áreas da vida humana.
Ela não é um oráculo para fazer previsões, mas um método para estudar tendências e  desenvolver o  autoconhecimento.
Vamos rever alguns estudos sobre as tendências dos anos de 2017, 2018 e a 2019.
Em 24/12/2016 apresentamos o estudo “Qual será o orixá regente de 2017” http://www.blog.mataverde.org/qual-o-orixa-regente-de-2017/ .
Neste texto comentamos sobre os orixás e regentes de 2016:
“2016 foi regido pelos números 6 e 7, vibrações Abá Pyatã e Anga Pyatã, que por afinidade seriam os orixás Oxalá e Omulu.
É importante destacar que neste ano que se encerra tivemos a descoberta de muitas atividades ocultas, corrupção, deterioração de regras sociais, várias prisões de políticos e empresários, e outras características destes dois reinos.
O reino das Almas (número 7) é o último reino, é o final de um ciclo, o encerramento de um período.
Então podemos afirmar, com toda certeza, que em 2016 encerramos um ciclo muito importante na história do nosso país.”
Continuando o texto:
“2017 é um número que vibra na vibração do 1, ou seja, é o início de um novo ciclo.
O primeiro reino, o reino do fogo, da força Tatá Pyatã, regido pelo orixá Ogum.
Ogum não dividirá a regência do ano com nenhum outro orixá.
Teremos em 2017 um ano totalmente de Ogum, força Tatá Pyatã, um ano forte, ativo, rápido, com muita energia no ar.
A energia Tatá Pyatã, é a energia responsável pela execução do carma, da justiça divina.
É a força espiritual vinculada aos Guerreiros, ao exército.
A sua cor é o vermelho.
Um ano para iniciarmos novos empreendimentos, novas lideranças deverão aparecer no cenário político, mas também poderemos ver ainda muita luta, guerras, violências  e desentendimentos pelo planeta.
Complementando este estudo divulgamos no dia 14/01/2017 um texto chamado de “O ano do fogo” http://www.blog.mataverde.org/o-ano-do-fogo/
Neste estudo comentamos sobre um erro que estava sendo cometido por alguns estudiosos que se utilizavam da astrologia para identificar os orixás regentes.
Devido a este “erro astrológico” muitos estavam apontando Oxossi e Oxum como orixás regentes do ano de 2017, contrariando totalmente os estudos da numerologia setenária que indicava um ano violento regido por Ogum.
“A divulgação de OGUM como regente do ano de 2017 gerou polêmica, pois como mencionamos acima, a maioria fala somente em Oxossi e Oxum, esquecendo até do planeta Saturno (Obaluaê).”
Mas a vibração de Ogum logo se fez presente e nos primeiros dias do ano as manchetes dos jornais eram sobre violência.
“Para nossa surpresa logo no início do ano ficamos chocados com as notícias estampadas nos jornais.
Violência nas penitenciarias de Manaus e Roraima, onde foram decapitados, esquartejados quase 91 presos.
Cenas terríveis de violência estampadas nos jornais, revistas, internet e televisões.
Sangue, facões, decapitações e muita violência.”
Violência que não se identificava com as vibrações de Oxum e Oxossi, e que eram muito mais “próximas” da força Tatá Pyatã do primeiro reino que tem como regente Ogum.
Para complementar este estudo referente ao ano de 2017, fizemos um texto no dia 27/01/2017, onde comentamos sobre a década do fogo, onde Ogum rege os anos de 2010 a 2019.
Este texto foi chamado de “A Década da Destruição” http://www.blog.mataverde.org/a-decada-da-destruicao/ e fizemos um comparativo com os anos de 1940 a 1949, que também Ogum estava regendo a década.
Este foi o período da Segunda guerra mundial e a década onde ouve a destruição pela bomba atômica.
“Esta vibração do fogo se repete após 70 anos, ou seja, na década de 2010.
Estamos vivendo em uma década do fogo que irá de 2010 a 2019.
Como todos os estudantes da doutrina já sabem, a energia do fogo é forte, tem uma força de destruição muito intensa, também pode produzir líderes, guerreiros e guerras.
Tem forte ligação com o Orixá Ogum.
Ao voltarmos um pouco no tempo iremos verificar que a década de 1940 foi muito tensa, inclusive com a eclosão da segunda guerra mundial e a destruição de Hiroshima e Nagazaki através das bombas atômicas.”
E fizemos um alerta:
““Registramos aqui nosso alerta!
O MUNDO ESTÁ TENSO!MUITO TENSO!
Não estamos afirmando que viveremos outra guerra nuclear, mas afirmamos que estamos vivendo sob densas nuvens negras.
O planeta Terra corre sério risco e seu futuro depende somente de nós os humanos.
Toda a espiritualidade está atenta e em alerta.
Estamos vivendo intensamente a vibração Tatá Pyatã (Fogo), mas possuímos o livre arbítrio de utilizarmos esta força espiritual na direção que quisermos.
O momento exige muita reflexão, muita oração, pensamentos positivos, muita calma, amor ao próximo e controle emocional.
A vibração Tatá Pyatã (Fogo) poderá agir sobre a humanidade de forma positiva, trazendo novas lideranças, novas atividades, novas empresas, uma nova ordem mundial, uma nova fase se inicia no planeta Terra após 2017 ou poderá desencadear muita destruição.”
A tendência revelada utilizando a numerologia sagrada não estava errada.
Todos são testemunhas da tensão mundial criada pela Coreia do Norte e Estados Unidos, durante o ano, que quase desencadeou um conflito Nuclear.

Ao final do ano (11/12/2017) publicamos um novo texto “Qual o Orixá Regente de 2018” http://www.blog.mataverde.org/qual-o-orixa-regente-de-2018/
“Pela redução numérica utilizando a base sete, o ano de 2018 equivale a vibração do número 2.
O ano começará numa segunda-feira que é o segundo dia da semana, portanto, também sujeito a vibração do número 2.
O número dois corresponde a vibração “Yby Pyatã” vibração primordial do segundo reino, o Reino da Terra que é regido por Xangô.
Este reino é relacionado com as pedreiras, as pedras, as coisas sólidas, as estruturas, a rigidez, a estabilidade, os limites, as leis, a justiça, as prisões, as questões financeiras, lentidão, ao controle financeiro, aos imóveis, comportamento conservador, previdência social, tradições etc…”
Chamamos o ano de 2018 de o “Ano da Muralha”.
“Haverá um cuidado maior das nações em colocar “muralhas”, limites legais, dificultando o acesso de estrangeiros; embora já exista uma tendência mundial para este comportamento, em 2018 devido a vibração Yby Pyatã esta tendência deverá aumentar bastante.”
“Uma preocupação muito grande em limitar gastos, planejamento rigoroso, controle sobre os gastos e estabilidade financeira será a tônica do ano.
A vibração Yby Pyatã promove o controle dos gastos de forma rigorosa, sólida, firme.
Podemos afirmar que o dinheiro não faltará, mas não virá de forma fácil.”
“É uma vibração vinculada a justiça e a área  financeira, que serão destaques durante todo o ano.
O controle da inflação, crescimento sólido, mas lento.
As muralhas, que impõem limites podem ser interpretadas também como prisões, o cumprimento das leis e da justiça serão destaques neste novo ano.
Aqueles políticos e empresários que estiverem devendo para a justiça finalmente serão julgados e condenados a prisão.
Vale comentar que no dia 07/04/2018 tivemos a prisão do ex-presidente Lula, que muitos achavam impossível de acontecer.

Também a imprensa noticiou que a inflação acumulada neste ano, foi a menor desde o plano real confirmando a previsão sobre o controle da inflação.
E finalizamos o texto com a observação:
“Como teremos eleições em outubro de 2018, podemos afirmar com toda certeza que será eleito o candidato mais conservador de todos, pois a população estará sob a vibração Yby Pyatã que influenciará no comportamento e no voto do povo.
O discurso deste novo presidente que será eleito em 2018 deverá girar em torno de questões ligadas a justiça, prisões, leis mais rígidas, tradições do povo brasileiro, previdência social e controle da inflação e com toda certeza será o candidato mais conservador de todos.”
Este texto foi escrito em 11/12/2017 e mostrava tendências para que fosse eleito o candidato mais conservador de todos.
Como tivemos eleição em 2018 e este assunto foi de muita importância, resolvemos fazer um estudo sobre as tendências para as eleições que iriam se realizar.
No dia 02/09/2018 apresentamos o estudo “Quem será o Presidente do Brasil” http://www.blog.mataverde.org/quem-sera-o-novo-presidente-do-brasil/
No mês de setembro realizamos um estudo (numerologia setenária) dos 8 candidatos a presidência da republica.
Um a um, fizemos o levantamento do perfil vibracional, que é uma técnica utilizada no Núcleo Mata Verde, para identificarmos o padrão vibratório de cada candidato e verificar quais deles se identificavam mais com a vibração do ano.
Este procedimento é chamado de ressonância vibracional.
Após os estudos identificamos o candidato que possuía a maior tendência em sair vitorioso da eleição:
“Jair Bolsonaro e Álvaro Dias são os candidatos que mais estarão em ressonância vibratória no dia das eleições, observamos que Jair Bolsonaro possui o padrão vibratório (7/3/2/5) idêntico ao padrão vibratório do dia da eleição (7/3/2/5) o que pode sugerir que Jair Bolsonaro poderá ganhar a eleição já no primeiro turno.
Caso haja segundo turno entre estes dois candidatos o padrão vibratório do segundo turno será idêntico ao do primeiro turno dando preferência para Jair Bolsonaro.”
Concordando com a avaliação feita em 2017 foi eleito o candidato mais conservador de todos, era isso que a vibração dos orixás indicava.
As eleições foram realizadas nas vibrações 7/3/2 que são dos orixás: Obaluaê, Iansã e Xangô.
Foram estes orixás que vibraram e trouxeram a vitória para Jair Bolsonaro.
Estas três vibrações Anga Pyatã, Ybytu Pyatã e Yby Pyatã mostram algumas características do novo presidente (misterioso, falador e controlador), mas este assunto iremos abordar em outro texto.
Agora estamos no final de 2018 e em breve iniciaremos 2019  “O ano da Tempestade” e queremos fazer alguns comentários como prometemos no início do texto.
Este novo ano será regido por Iansã e Ogum dois orixás guerreiros, fortes e destemidos.
As vibrações são Ybytu Pyatã e Tatá Pyatã.
Como já mostramos no texto anterior 2019 é um ano 3 e vai iniciar na terça-feira, o terceiro dia da semana, portanto o 3 tem muita importância neste novo ano.
Com certeza um ano de Iansã que será acompanhada por Ogum, o regente da década que encerra neste ano.
As palavras chaves para a vibração Ybytu Pyatã são expansão, crescimento, comunicação e para a força Tatá Pyatã início, força, destruição.
Um ano onde as notícias serão sobre acidentes aéreos, tempestades e furacões violentos, violências contra as mulheres e também ação de mulheres violentas, guerreiras.
O Ar alimenta o Fogo, poderemos ter um aumento da violência no planeta todo.
Debates acalorados com políticos e principalmente representantes femininas na política.
A área da comunicação como um todo será afetada: jornais, revistas, televisões, rádios etc…
Todos os que usam a voz em suas atividades, sejam professores, pastores, padres, políticos etc…Muita gritaria…
A energia associada do Ar e do Fogo também traz crescimento e expansão para todas as atividades. O ano novo será marcado pelo crescimento da economia brasileira, será um período positivo para muitos empresários.
No lado positivo a força Ybytu Pyatã também traz muita alegria e expansão, é entre as sete forças a mais alegre de todas.
Algumas curiosidades:
Iansã é sincretizada com Santa Bárbara e Ogum com São Jorge.
Na doutrina umbandista dos Sete Reinos Sagrados suas cores são amarelo e vermelho, que serão as cores, das vibrações deste novo ano.

Normalmente recebemos e-mails com comentários, dúvidas, críticas sobre os textos publicados.
Mas quero registrar um e-mail do Celso Renato onde ele questionava se existia algum outro ano, onde Iansã e Ogum regeram, como em 2019?
Como os ciclos anuais se repetem de sete em sete anos, então teríamos 2012 o outro ano dentro da mesma década, só que 2012 começou num domingo que na numerologia setenária é o número um, portanto uma combinação diferente.
Outra opção seria na última década do fogo que foi no período de 1940 a 1949, mais precisamente nos anos 1942 (começou na quarta) e 1948 (começou na quinta), mas que também começaram em dias da semana diferentes.
Comentamos que iriamos pesquisar melhor sobre esta pergunta.
Mas o Celso foi adiante e fez a pesquisa, e ele identificou que o último ano onde tivemos esta mesma configuração foi em 1732, a 287 anos.
Isso demonstra que as oportunidades oferecidas neste novo ano, não irão se repetir tão rápido.
A segunda curiosidade, acabamos de ler notícia que o vice-presidente general Hamilton Mourão pediu para transferirem a imagem de Santa Bárbara para o palácio do Jaburu, residência oficial do vice-presidente, pois tem uma admiração grande pela Santa e também porque Santa Bárbara é a patrona da artilharia de onde é oficial.
Santa Bárbara ou Iansã estará bem perto do poder.
Que Iansã e Ogum nos protejam!
Eparrei Oya!!
Ogum Iê! !
Que as forças de Ogum e Iansã abram novos horizontes para nossas vidas!
Desejamos a todos um feliz natal e próspero ano novo.
Saravá!!

São Vicente, 23/12/2018

Manoel Lopes

ACADEMIA: Texto= Renovação da Umbanda Urbana contemporânea: Por Luan Rocha de Campos

Dear Antonio, You read the paper " Algumas observações em torno da renovação na Umbanda urbana contemporânea "...