quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Mensagem de Mãe Caraccio de Natal



Para a Alma, Espírito e Vida.


Axé! Axé! Axééé pessoal… Naturalmente nesta época do ano fazemos muitas avaliações e muitos “desejos” são compartilhados; boas festas, bom ano, felicidades, feliz natal são pronunciados, as vezes até automaticamente (não importa… deixemos criar essa forma pensamento da esperança, não é?…).
Os terreiros também entram em recesso e os conselhos, os pedidos e até as determinações dos Guias Espirituais tendem a ficar entoando dentro de nós como sinais para iluminar nossas condutas.
Agora, mais do que nunca, é hora de manifestarmos todo nosso lado bom, todo o aprendizado recebido dos Guias Espirituais, toda nossa compaixão e amorosidade.
Esse ano, de forma muito particular, tenho observado com um especial “olhar de poeta” o significado desse período – são compras, criatividade, movimento maior de gente nas ruas, lojas, mercados e shopping, escolhas (o que, quando, como e para quem), confraternizações, jantares, comidas, a importante e tradicional ceia, lembranças e esquecimentos, alegrias e tristezas, remorsos e saudades, reflexões, avaliações, fé, esperança, lágrimas… Enfim, uma enxurrada de sentimentos, ações e tentativas. Ah, a cidade e as pessoas também ficam mais bonitas.
Parece-me tudo tão mágico, tão encantador e tão transformador já que o saldo final é perceber que as pessoas sorriem mais, desejam mais, toleram mais e ainda se abraçam, enxergam-se, reconhecem e agradecem mais. As pessoas ficam mais “doces”, penso eu.
Natal, ou melhor, ESPÍRITO DE NATAL… Que bom seria se vivenciássemos todos os dias essa essência!
Ano Novo, ou melhor, NOVO CICLO… Que bom seria se percebêssemos que todos os dias há sempre novas oportunidades, novos acontecimentos, um novo momento. Que bom seria se entendêssemos fervorosamente que a POSSIBILIDADE EXISTE SEMPRE!!! Que sempre há ESPERANÇA!
Enfim, não quero ficar fora desse “espirito” e dessa “esperança”, portanto, não posso deixar de olhar para trás e reconhecer a importância dos passos dados, das pessoas que conviveram comigo e com minha família e das decisões tomadas. Foram tantas emoções!!! (desculpem o plágio, mas o que seria do fim do ano sem Roberto Carlos… rsrrss)  mas, falando sério, (nossa, Roberto Carlos de novo… rsrsrs)… foram momentos em que a alegria, o interno e a conduta falaram muito mais alto. Uma explosão de BOAS SURPRESAS – reflexo de MUITO trabalho, maleabilidade, reconhecimento e crescimento. Ufa…
Não posso deixar de desejar mais e mais alegria, trabalho, boas surpresas, muitos encantos (isso faz a vida ficar mais leve e feliz, encantar-se é o respirar da alma, é um “acorda” carinhoso para o espírito, pensem nisso…)  e crença, ahhhh acreditar em algo ou em alguém é fundamental para não se sentir sozinho nessa vida. E ainda ansiar por mais saúde, paz e tranquilidade interna, independente da vida e relações externas.  E mais cuidado com as decisões e atenção nas palavras ditas e principalmente com as ‘não ditas’. Mais e mais amorosidade, compaixão e vontade de fazer diferente e a diferença, afinal, é Ano Novo!!!
Não posso, ainda, deixar de pedir que sejamos mais generosos. Aliás, GENEROSIDADE será meu lema para esse ano. Junto determinarei que ela se eternize mais ainda em meu íntimo.
Que tal? Já que é período de promessas, de pensar no futuro, de desejar coisas para o próximo ano, que tal esse pedido, desejo ou decisão? Que tal vocês compartilharem comigo desse lema? Que tal manifestarmos um pouco da grande generosidade que os Guias Espirituais de nossa querida Umbanda demonstram para conosco e que, incansavelmente, tentam nos ensinar? Generosidade essa, que ultrapassa qualquer sentimento, medo, negativismo, desleixo ou contestação, não é mesmo?!!!
Tenho certeza que todos ganharão muito com isso, principalmente nós mesmos, afinal generosidade é um bumerangue altamente preciso, é o antídoto da avareza, o melhor investimento contra a pobreza emocional e material, e não é à toa que existe a célebre frase “generosidade gera generosidade” pronunciada pelo profeta Gentileza – José Datrino
Aproveiteeeeemmmm, inspirem-se e compartilhem também! Vamos fazer o bem, vamos fazer o melhor, vamos fazer a nossa parte!!!
Essa é minha mensagem, desejo, lema e esperança para esse final e para o início que está por chegar.
Agradeço de coração todo carinho, respeito e as gostosas descobertas que esse ano proporcionou. Agradeço a todos vocês que me acompanham no blog, no Face, que estiveram em nossa sala de aula, em nosso terreiro, em nossa mesa de Tarô e em nossas vidas. Agradeço aos caminhos e ao caminho percorrido, aos encontros vividos e às lágrimas exteriorizadas. Agradeço a CORRENTE com todas suas conotações, significados, qualidades e sentidos: físico, científico, astral e natural… e espero que em 2018 façamos tudo muito melhor, maior e surpreendentemente mais encantador.
Ahhhhh, e para quem quiser matar a saudade, aproveitar a boa energia do momento e se encantar mais, mais e mais, vejam o vídeo de nossa última gira do ano, a nossa tradicional Festa Cigana… é de inflar a alma, encantar os olhos, inspirar o espírito, firmar as ideologias, chorar, sorrir, determinar e crer. Crer cada vez mais e mais… Axééé!!!

Conhecendo o Mestre Exú Tiriri

Conhecendo o Mestre Exú Tiriri