terça-feira, 23 de outubro de 2012

SÃO JORGE - SALVE JORGE!


Cleyton Ferrer (Texto escrito pelo Prof. Me. Valdir Lima, Santa Rita, PB)


SALVE JORGE !!!
Até quando viveremos no mito da caverna ? 

Até onde a mentira e a difusão do preconceito imperarão em tempos ditos pós modernos ? 

Apocalipse em crise, era dos extremos, geração alienada ou fins de tempos ? 

É pois hora de se ter responsabilidade com o repasse de informação, para que não produzamos tanta deformação.

Aqui pretendo esclarecer em curta escala textual, uma campanha difamatória propagada dentro e fora das teias virtuais. Salve Jorge.

Não assisto novelas, elas não me atraem, mas, senti-me provocado a escrever estas linhas aqui sobre esta temática. 

Hoje foi estréia de uma novela com este nome e, desde que foi anunciada, surgiu uma campanha publicitária encabeçada por alguns segmentos religiosos ultra conservadores objetivando boicotar e mais, macular a imagem das religiões afro-brasileiras junto ao grande público. 

A referida ação negativa passou a apelar aos fiéis de determinadas igrejas a não assistirem esta novela. 

 O argumento utilizado é que trata-se de uma apologia ao Orixá Ogun, uma novela espírita, satânica.

Embora vivamos num estado laico desde a implantação da República, alguns grupos religiosos ainda não entenderam que campanhas difamatórias é intolerância religiosa, crime contra a humanidade, ausência do cumprimento do segundo mandamento cristão : " Amar o teu próximo como a ti mesmo ".

Só esclarecendo por partes :

1. Espiritismo é uma doutrina religiosa com fundamentação na obra do francês Allan Kardec, que acredita em reencarnação;

2. Candomblé e Umbanda são religiões afro-brasileiras, cultuam ancestrais africanos , não existe satanás nessas crenças ;

3. São Jorge é um santo católico, um guerreiro nascido na Capadócia, com uma história que mistura realidade e fantasia.

Concluindo, chamar São Jorge de entidade espírita é no mínimo muita desinformação ou má intenção.

 Uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa.

Por ser a Umbanda uma religião sincrética, São Jorge foi associado a Ogun, estratégia dos escravos para cultuar seus verdadeiros ancestrais : a natureza personificada. 

Logo, Umbanda não é espiritismo que por sua vez não é Candomblé.

Acredito que existe formas mais inteligentes e honestas de se segurar os fiéis em seus templos, que não, desqualificando as crenças dos outros. 

Sendo, onde fica o ecumenismo e o amor ao próximo ? 

Sejamos honestos e coerentes, ao menos respeitosos.

Se houver salvação, que se salvem as pessoas que saibam amar. 

Respeito é sinal de que existe amor ao próximo. 

E Salve Jorge !!!

ACADEMIA: Texto= Renovação da Umbanda Urbana contemporânea: Por Luan Rocha de Campos

Dear Antonio, You read the paper " Algumas observações em torno da renovação na Umbanda urbana contemporânea "...