quinta-feira, 12 de junho de 2014

VEJAM O QUE É FANATISMO!!!!

Assunto: Homem invade igreja em Minas Gerais, quebra imagens de santos e é capturado por padres
 
Há bastante tempo, temos alertado que a omissão do governo em permitir a veiculação de programas de fanáticos religiosos em emissoras de Rádio e TV, acabariam por produzir uma guerra religiosa no Brasil.

Os casos de falta de respeito religioso por parte de fiéis que são alvos de lavagem cerebral contra as demais religiões, resulta em casos como este em Minas Gerais, onde um homem  invadiu uma igreja e quebrou as imagens.

A verdadeira liberdade é a existir a liberdade de quem pensa diferente de nós. 

Tolerância para os iguais é fácil; o problema para esses fanáticos é a tolerância com os desiguais.

ÁTILA NUNES  e ÁTILA ALEXANDRE NUNES

​JORNAL EXTRA
​   
11/06/14 

​​
Homem invade igreja em Minas Gerais, quebra imagens de santos e é capturado por padres

Os santos ficaram destruídos na igreja em Montes ClarosOs santos ficaram destruídos na igreja em Montes Claros Foto: Divulgação / Arquidiocese de Montes Claros / Viviane Carvalho
Luísa Lucciola
Tamanho do textoA A A
Um homem invadiu a tranquila Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição e São José, em Montes Claros, Minas Gerais, na última terça-feira, e destruiu sete imagens de santos. Segundo as informações divulgadas pela assessoria de imprensa da Arquidiocese de Montes Claros, o rapaz, de cerca de 18 anos, chegou à igreja por volta de 11h carregando algumas pedras. Quando um vigia tentou impedi-lo de entrar no local, o jovem começou a tacar as pedras contra ele, que saiu correndo.
O homem entrou na igreja e começou a destruir as imagens
Adicionar legenda
O homem entrou na igreja e começou a destruir as imagens Foto: Divulgação / Arquidiocese de Montes Claros / Viviane Carvalho
Sete imagens de santos foram destruídasSete imagens de santos foram destruídas Foto: Divulgação / Arquidiocese de Montes Claros / Viviane Carvalho
O jovem, então, invadiu o espaço religioso e começou a quebrar as imagens dos santos. Seis padres que estavam na reunião do clero naquele horário ouviram o barulho e viram o rapaz tentar fugir. Eles correram atrás dele, que acabou sendo cercado em uma Igreja Universal do Reino de Deus na mesma rua. Segundo as informações da arquidiocese, o jovem teria afirmado ser integrante do grupo jovem da igreja evangélica.
Foto: Divulgação / Arquidiocese de Montes Claros / Viviane Carvalho
Vários seguidores e frequentadores da igreja fizeram críticas radicais ao agressor. O coordenador da Pastoral da Comunicação da Arquidiocese, padre Antônio Brígido de Lima postou em sua página no Facebook: “Esse irmão destruiu nossas imagens, mas não destrói a nossa fé. (...) Não acusemos de forma alguma evangélicos, pois nós conhecemos sérios irmãos evangélicos, sérios pastores que não pregam desrespeito e violência. Que seja investigado, que seja aplicada a lei e que esse irmão receba de nós, católicos, o perdão”, afirmou.
Segundo a Arquidiocese de Montes Claros, o rapaz arremessou no chão imagens de Santo Agostinho, Santa Mônica, São Sebastião, Cristo Crucificado e anjos. O reparo nas imagens não seria possível.
A fachada da igreja em Montes Claros, Minas GeraisA fachada da igreja em Montes Claros, Minas Gerais Foto: Divulgação / Arquidiocese de Montes Claros / Vivio

















 










Visualização dos anexos:
Transferir todas as fotos para o Facebook


ane Carvalh

 







 





 







 

 








 








 


Cantar pontos em casa.