domingo, 30 de junho de 2019

Ensinamentos de Amanda Dreher sobre técnicas de Meditação, Perdão e outros, vale a pena!

Amanda Dreher Cancelar inscrição

17:30 (há 4 horas)
para eu
Namastê, aqui é a Amanda Dreher
E neste domingo trago uma técnica poderosa + um super presente...
Se você quer descobrir como perdoar as pessoas e as coisas do passado...
Se você quer aprender como se libertar emocionalmente daquilo que te faz mal...
Esta técnica poderosa irá te ajudar muuuuito!
Não vou estragar a surpresa, nem gerar ansiedade em você, mas...
Ficou realmente incrível esta técnica - sem dúvida é a mais poderosa que já fiz para praticar o Perdão...
Agora deixa eu explicar sobre o presente [caso você ainda não tenha baixado o seu]...
Um incrível resumo ilustrado da Aula sobre "Como Meditar, Acalmar a sua Mente e ter mais Equilíbrio Emocional”
image
Ah, e também está liberada a reprise desta super aula... 
Você irá descobrir como aplicar na prática o meu poderoso método best seller Meditar Transforma, e atingir incríveis resultados e benefícios na sua vida...
Controlar a ansiedade, superar a depressão, vencer as dores físicas e doençasemocionais... 
Dormir melhor, ter mais energia, foco e concentração... 
Aliviar aquele peso emocional do passado, se sentir leve, feliz e realizado... 
Se alinhar com a sua essência e a sua missão de vida... 
E muito, muito mais... 
Namastê, com amor
Amanda. 
P.S: Se você quiser a minha ajuda para ir além, aprender a meditar e criar o hábito de ter o Meditar Transforma na sua vida, recomendo fortemente aproveitar a condição surreal de lançamento do Desafio HAD - 21 práticas sensacionais e muito poderosas - só nos últimos dias foram mais de 615 novos alunosQuero participar do Desafio

Umbandistas que possam desejar ampliar seus conhecimentos sobre o Orixá EXU conforme o Núcleo Mata Verde

Exu o Guardião dos Sete Reinos


Núcleo Mata Verde 

16:34 (há 5 horas)
para eu
Comunicamos que já está disponível no módulo EAD do Núcleo Mata Verde, o curso Exu o Guardião dos Sete Reinos
Este é o mais recente curso realizado no Núcleo e agora está disponível no EAD.
Curso realizado em maio de 2019, este curso veio complementar o curso Exu o Guardião do Templo
Neste curso estudamos Exu em todas as suas manifestações (Candomblé, Quimbanda e Umbanda). 
Nos aprofundamos nas forças espirituais existentes em todos os sete reinos e desvendamos todos os caminhos evolutivos comandados por Exu. 
O primeiro Exu no instante da criação.
Exu o elo de ligação matéria espírito.
As quarenta e nove forças espirituais (entrecruzamentos vibracionais).
Os sete Exus que cuidam do corpo.
Exu no momento da fecundação. 
Neste curso você irá finalmente entender o que é Exu.
Um curso completo e necessário para todo umbandista. 
Neste módulo você receberá 16 videoaulas, 16 audiolivros, 11 apostilas e ebooks e o ebook Umbanda os Sete Reinos Sagrados de Manoel Lopes.
Segue abaixo o conteúdo do curso em cada uma das 16 videoaulas disponibilizadas:
aula 1
Apresentação
Finalidade deste curso
Preconceito em relação a Exu
Pesquisa Datafolha de 2007
Umbandistas afirmação que Umbanda é coisa do demônio
Os primeiros missionários católicos na África
Deus e o Demônio
Deus é único e criador de tudo
Umbanda é Monoteísta
Evolução espiritual
Elementais e Elementares – diferenças
A Mônada Espiritual
O Espírito
Os Encantados
aula 2
A Manifestação de elementares nos Terreiros
Elementares na Umbanda – Sereias, Iaras, Ondinas etc…
Orixás são forças espirituais que se manifestam na Natureza
A personalização dos Orixás como forma de ensinar
A Diversidade de Ritos Umbandista
As diferenças entre os Terreiros de Umbanda
As quatro principais influências filosóficas e religiosas na umbanda
A origem da Umbanda e Zélio de Moraes
Os vários cultos afro-ameríndios anteriores a umbanda
Terreiros que possuem muita influência da Igreja Católica e aceitam a existência do demônio
Culto Omolôco e a Umbanda
aula 3
A estrutura do curso
O cuidado ao estudar exu
Alguns adoram Exu outros não querem nem ouvir falar em Exu
Exulatria existente nos dias atuais (cuidados)
Muitos Terreiros não trabalham com Exu
Para conhecer Exu não pode ser simplista no seu estudo e compreensão
A força Exu atua 24 horas por dia em nossa vida
Uma energia poderosa que precisa ser trabalhada com muito cuidado
Amor/Ódio, Saúde/Doença, Vida/Morte
Atendimentos abertos para Exu somente para preocupações materiais
Muito cuidado com o que se pede para Exu
Casa cruzadas Quimbanda e Umbanda, cultos diferentes
O que é Kimbanda Africana
Os Mitos Africanos, um tipo de ciência da época
Origem da palavra Exu, Significado, Cumprimentos, Saudações, Sincretismo e Imagens
Não utilizamos Imagens de Exus no Núcleo
aula 4
A origem africana de Exu
O culto aos Orixás na África
Inquice, Vodum e Orixás
O candomblé de Caboclos e a Umbanda
Aluvaiá, Bombo Njila, Pambu Njila e Vangira
Exu
Legba
A origem da Pomba Gira
Exu energia Masculina
Imagens de Exu na África
O corpo espiritual e sua alteração pelo espírito
Os nomes de trabalho dos exus
O nome de trabalho dos exus e suas atribuições
As alterações do corpo espiritual
Criança, adulto e velho na umbanda
A Manifestação dos Espíritos na umbanda: Polaridade e triplicidade
Omulu na Quimbanda
Exu e o povo das encruzilhadas
Omulu e o povo da calunga
Exu e o porrete (Ogó) – Falo
Títulos e qualidades de Exu no culto de Nação
Caboclo Mata Verde e Exu que cuida da saúde
Na umbanda trabalhamos com espíritos (exus)
aula 5
Oxalá determina que Exu trabalhe na encruzilhada (mito)
Exu é a força espiritual das encruzilhadas, caminhos e passagens.
Exu come tudo (mito)
Exu em todos os lugares
O padê de Exu
No Núcleo, Exu participa sempre dos trabalhos (Guardiões do Terreiro)
Giras de Exu são fechadas no Núcleo 
Estudando a Quimbanda
Diferença entre o culto Quimbanda e o trabalho dos Exus na umbanda
Trabalhos negativos feitos pelos Exus
A Quimbanda e a Goécia
Diferenças entre Exus que trabalham na Quimbanda e os Exus da Umbanda
Casas cruzadas que trabalham com dois cultos diferentes.
Quimbanda, tipos de trabalhos e o pagamento pelos trabalhos
Trabalhos de “puxadas” (transportes) e os exus.
aula 6
Cuidados ao se trabalhar com a Quimbanda
A irresponsabilidade ao se pedir trabalhos de amarração e outros trabalhos
Consequências negativas das amarrações amorosas
A Umbanda corta os trabalhos negativos
A Umbanda e a Quimbanda (Luz e trevas) o politicamente correto
Diferença entre Kimbanda e Quimbanda
As sete linhas da Quimbanda
O Exu Pantera Negra e o Caboclo Pantera Negra
O Congá na Quimbanda
Trabalhos de Quimbanda com Eguns e Kiumbas
Trabalhos da Quimbanda com finalidade de ganhar dinheiro
Cada um tem a liberdade de frequentar o culto que quiser
O que é Esquerda e Direita na umbanda
Linhas auxiliares cruzadas: Baianos, Boiadeiros, Marinheiros, Ciganos, Malandros etc…
aula 7
Quimbanda é culto de Exu
Matta e Silva e a Quimbanda 1956
Terreiros que misturam dois cultos diferentes
Trabalhos que nunca são feitos na umbanda
Escritores que influenciaram e criaram preconceitos sobre os Exus da umbanda
Lourenço Braga – 1942 
Aluizio Fontenelle – 1951 (Livro Exu)
Aluizio Fontenelle introduz os demônios na Umbanda
Os dois organogramas apresentados por Aluizio Fontenelle
aula 8
Os Terreiros começam a usar os nomes dos demônios para os Exus (nomes cabalísticos)
Organograma de Exu e organograma de Omulu (Aluizio Fontenelle)
Lúcifer, Belzebu e outros nomes
Pontos Cantados na Umbanda que falam sobre inferno, lúcifer etc…
Termos utilizados para designar os exus
Exu Pagão, Exu Batizado, Exu Coroado, Exu de Lei etc…
O perigo de se trabalhar em casa com Exu e Pomba Gira
O Terreiro é o único lugar indicado para trabalhar com Exu
Processos obsessivos e desarmonias causadas por se trabalhar em lugares inadequados
O uso da mediunidade na umbanda – finalidades e cuidados
aula 9
Rabo de Encruzilhada, Exu Pagão, Kiumbas, Exu Batizado, Exu Espadado
Diferenças entre Exu Pagão e Exu de Lei
Médiuns de transporte, cuidados e preparos.
O resgate do Exu Pagão
Muitos Terreiros fazem o resgate do Exu pagão e trazem para a lei de Umbanda
aula 10
Exu de Lei e Guardiões da Umbanda
A tropa de Choque do Terreiro
O Guardião do Templo, O Guardião do Lar, O Guardião de Templo do Espírito (corpo) etc…
Quem são os espíritos que se manifestam como Guardiões de Umbanda
Todo Exu vai reencarnar?
O Kiumba
Muitos kiumbas são cultos e inteligentes, mas moralmente são atrasados
Os Exus são mais evoluídos do que nós.
Exu o executor do Karma
Exus elementares
Elementares na Umbanda
Ovoides, larvas etc…
A escravidão espiritual
Vencer os vícios e as paixões
aula 11
Exu na Umbanda
Povo da Encruza comando do orixá Exu
Povo da Calunga comando do orixá Omulu
Só trabalham para o bem
Umbanda é religião e só faz o bem
Exu da umbanda é Exu de Lei
Como identificar um Terreiro de Quimbanda de um de Umbanda
Linha dos Ciganos
Zé Pelintra na umbanda
Linha dos Malandros
Pomba Gira
Origem da Pomba Gira (Pangira)
aula 12
Povo da Encruza
As cores vermelha e Preta
As velas
Zé Pelintra na linha das Encruzilhadas
Povo do Cemitério
A cor é preta
Suas especialidades
As velas e locais de trabalho
Como se manifestam
Exus pertencentes aos dois povos (Cruzados)
Energia de limpeza
Cortar feitiços e demandas
As falanges dos Exus e os seus nomes
A doutrina dos Sete Reinos Sagrados
Vibrações do sétimo reino
aula 13
O espírito plasma seu corpo fluidico
A aparência dos Exus
O Marafo
Exu é um Orixá (visão umbandista)
A evolução espiritual e os Sete Reinos
A Natureza dos Orixás
O que é Orixá Primordial
Os Engenheiros Siderais
O Axé dos Orixás
Orixá, força da natureza, a essência da vida.
Orixá não é personalizado
aula 14
Exu Orixá e Exu Espírito
Os três axés africanos (preto, vermelho e branco)
Os Sete Reinos Sagrados
Fogo, Terra, Ar,Água, Matas, Humanidade e Almas
Os sete axés utilizados no Núcleo
A formação do planeta Terra
Os sete reinos é uma lei divina
Uma visão evolucionista
Cada reino forma uma hierarquia espiritual
Cada reino e o corpo humano
aula 15
Ritual do Núcleo e os Sete Reinos
Porque acendemos uma vela
Frutas e flores para que servem?
As sete cores e os sete reinos
Os sete Axés utilizados no Núcleo
Tatá Pyatã, Yby Pyatã, Ybytu Pyatã, Y Pyatã, Caá Pyatã, Abá Pyatã e Anga Pyatã
Os Sete Orixás regentes
Ogum, Xangô, Iansã, Iemanjá, Oxossi, Oxalá e Omulu
O padrão vibratório de cada pessoa
Os Sete Caminhos Evolutivos
Campos de força existentes no mundo espiritual
As egrégoras
A flor dos Sete Reinos
As três energias ativas e as três energias passivas
A primeira manifestação de Exu conforme a doutrina dos sete reinos
A passagem do Aiye para o Orum
As cores, vermelha e preta, nos sete reinos (primeiro reino e sétimo reino)
Exu orixá, a vibração espiritual das passagens
aula 16
Exu não está no reino, ele está nas passagens entre os reinos
Palavras que identificam atributos dos Exus
O nome do exu e os sete reinos
Exu Mirim
Os romances e os Exus (literatura)
Os quarenta e nove entrecruzamentos vibracionais
Cada Entrecruzamento forma varias falanges
Em cada falange existem milhares de espíritos trabalhando
Pode ter dois exus com mesmo nome no mesmo Terreiro?
O cuidado ao movimentar a força de Exu
Os espíritos que se manifestam como Exus, são os que conhecem bem estas forças
Estrutura da matéria – a força Exu
Força Exu como ligação entre o corpo etérico e o perispírito
A força Exu está em tudo o que existe no universo
O corpo espiritual e a força Exu
Os sete vibrações de Exu que agem do corpo (Exu Bará)
A saúde depende de Exu
Exu e a fecundação
Nomes de Exu e os sete reinos
As cores e a vibração de Exu
A importância da cor na magia da umbanda
Venha fazer agora mesmo este curso, estude em casa, nas horas que achar mais conveniente.

Eu Posso Sérgio Cursino

Centro de Iluminação Nosso Lar: Bingo Beneficente - Festa Junina

Centro de Iluminação Nosso Lar: Bingo Beneficente - Festa Junina: Sábado - 06.07.2019 - 13:00 O Centro de Iluminação Nosso Lar vai preparar uma tarde incrível de sábado, com uma festa junina fora d...

sábado, 29 de junho de 2019

PTD nº 390 - A mãe de santo disse que meus guias trancaram o meu caminho

Arcanjo Miguel - Quem Sou Eu - 25-06

Como saber seu Orixá de Cabeça?
Esta é uma pergunta frequente.

Recentemente lançamos uma série de livros digitais (e-books) sobre este tema, mas a questão permanece.

Afinal, como dissemos antes, ninguém é filho ou filha de um só Orixá. Na verdade, na Umbanda, somos filhos de todos! Mas tudo bem.

Se você é umbandista e quer saber mais, vamos ajudar você a descobrir.

ENTÃO, COMO SABER MEU ORIXÁ DE CABEÇA?

Jogo de búzios? Perguntar para o (a) seu (sua) Pai (Mãe) de Santo? Sim, são formas válidas. Porém, que tal aproveitar o tema e fazer uma autoanálise?

Igualmente, como saber seu Orixá de Cabeça (ou de frente) pode ser identificado quando analisamos as nossas próprias características físicas, feições, gestos, modo de ser, de agir
e de se comportar. Ou seja: nossa personalidade, nossos aspectos externos mais visíveis pra todo mundo determinam bastante de qual Orixá somos filhos (as).

DESSA FORMA, ASPECTOS COMO A PERSONALIDADE VISÍVEL, COMO NOS COMPORTAMOS NO AMBIENTE FAMILIAR, NO TRABALHO E NO AMOR AJUDAM A ENTENDER.

Assim, para ajudá-los (as) a determinar isso, descrevemos abaixo algumas das características mais visíveis dos filhos (as) de cada Orixá.

Leia e tire suas próprias conclusões!

Clique aqui para continuar lendo no portal! →
Um grande abraço e até mais Antonio!

Umbanda Eu Curto ❤︎

Centro de Iluminação Nosso Lar: Calendário para Julho de 2019

Centro de Iluminação Nosso Lar: Calendário para Julho de 2019: Bingo Beneficente – Festa Junina Sábado - 06.07.2019 - 13:00 Uma tarde de sábado muito agradável com uma festa junina fora de época ...

sexta-feira, 28 de junho de 2019

Responsabilidades de um Sacerdote na Umbanda- Alan Barbieri


Uma das grandes responsabilidades de um sacerdote de Umbanda

Decidi compartilhar com você um breve trecho do livro Segredos do Sacerdócio, de minha autoria, onde abordo sobre algumas responsabilidades que um sacerdote deve ter. Entre as mais de 20 que listo em um dos capítulos, escolhi uma que julgo de extrema importância: A gestão de pessoas.
Nem só de espiritualidade vive um terreiro! A religião proporciona a possibilidade de comunhão e aprendizado mútuo em grupo, pois une pessoas com ideais religiosos e crenças similares, porém pessoas com personalidades e valores distintos. E essa convivência, assim como em toda organização onde há mais de uma pessoa, pode acarretar em problemas por diferenças e contrapontos entre os integrantes. Inclusive, penso que seja proposital da espiritualidade superior unir indivíduos diferentes em um mesmo lugar com o intuito de gerar novos aprendizados e transformações. É em meio ao caos que a evolução acontece. O sacerdote precisa ser capaz de liderar o grupo de forma honesta e imparcial, administrando e resolvendo problemas, motivando pessoas, reconhecendo os pontos fortes de cada um e propondo mudanças para quem apresenta pontos fracos que podem ser nocivos ao trabalho, ou em casos mais extremos, afastar os que não querem melhorar. Para um dirigente, 60% do terreiro é gestão e 40% é espiritualidade. Se o próprio não olhar sob essa ótica, o seu trabalho esta fadado a ser um fardo em suas costas e o que era para ser lindo, se torna tenebroso....
Pai Alan Barbieri
Agora você pode ter acesso aos cursos online do Pai Alan a qualquer momento e em qualquer lugar. Confira: www.estudaremcasa.com.br

terça-feira, 25 de junho de 2019

Texto sobre Zé Pelintra por Sacerdote Alexandre Cumino


Zé Pelintra

Por Alexandre Cumino

Quem não conhece “Zé Pelintra”?
Com seu terno branco, gravata vermelha e chapéu panamá é o típico malandro carioca, teria vivido na lapa como um bom malandro, mandingueiro, “doutor” e capoeirista.
O Zé é figura carismática, onde se manifesta logo atraia atenção de todos, sempre brincalhão e galanteador, para tudo tem uma boa solução, aos moldes do bom malandro ensina a viver bem a vida, ajudar ao próximo sem deixar de se ajudar a si.
O bom malandro ensina que existe uma malandragem espiritual, que esta malandragem se caracteriza pelo jogo de cintura com as adversidades na vida, que temos que saber esperar a hora certa, ter fé em deus e ajudar ao próximo sem olhar a quem.
Zé Pelintra também como bom malandro que é nos ensina a estarmos alegres e de bem com a vida e assim nos dar valor, cantar, dançar e estar junto de quem nos ama.
Muitos vão dizer que é Exu, outros vão dizer que é baiano, preto-velho, malandro ou catimbozeiro... Zé Pelintra vem em qualquer linha, baixa em qualquer lugar.
Existem muitas histórias de Zé Pelintra, eu mesmo posso recomendar um livro da Editora Palas, “Zé Pelintra – Dono da Noite, Rei da Magia”, Autora Zaydan Alkmin, onde são contadas histórias de Zé Pelintra, todas as histórias citam um Zé Pelintra que nasceu no Recife onde aprendeu o Catimbó (Linha da Jurema) e teria vindo para o Rio de Janeiro, onde teria vivido de boemia e carteado... Neste livro são citados “Zé Pelintra Valentão”, “José Phelintra de Aguiar”, “Zé Phelintra” e “José Gomes da Silva”, todos seriam prováveis encarnações de Zé Pelintra...
Um documentário da TV Manchete (“Programa Mistério”) relatou uma história contada por Fernando Alves de que em “1918 um menino pernambucano de nome José Pelintra da Silva Aguiar desembarcou no Rio de Janeiro, logo aprendendo como viver das mulheres e de um jogo de cartas chamado ronda”. Diz ainda que teria morrido aos quarenta anos por vingança de uma mulher. Cerca de uns trinta anos depois aparece no Catimbó de Pernambuco e em torno de 1970 começa a se manifestar na Umbanda...

“Vou chamar o Zé Pelintra 
Pra brincar no Catimbó.
Treme terra, treme cipóQue eu vou chamarZé PelintraPra brincar no Catimbó”

José Ribeiro escreveu “Catimbó de Zé Pilintra” pela Editora Espiritualista onde aparece uma oração e Zé Pelintra e alguns pontos que cito aqui dois dos mais conhecidos:
“Seu doutor, seu doutor,Bravo senhorZé Pilintra chegouBravo Senhor
Na mesa da JuremaBravo Senhor Se você não me queria
Para que me convidou
Seu doutor, seu doutor
Bravo Senhor”
“Sou caboclo Zé Pilintra,Nego do pé derramado,Quem mexer com Zé PilintraEstá doido ou está danado.”
Poderíamos citar muitos outros livros que falam de Zé Pelintra, pois não há quem não o conheça, não falta literatura sobre ele nem fatos contatos por pessoas que guardam suas experiências...
Tive a oportunidade de conhecer e assistir a uma palestra do Sacerdote Manuel Papai que conta ter sido sua avó madrinha de Zé Pelintra, nascido no Recife, criado no Catimbó, ele teria ido para o Rio de Janeiro onde se consagra como malandro.
Eu mesmo sou muito grato a Zé Pelintra que sempre me ofereceu sua ajuda, que eu aceito de bom grado, sempre me deu bons conselhos e proteção.
Por isso também saúdo a todos os médiuns que aceitaram esta missão de trabaçhar com Zé Pelintra, posso citar Mercedes Soares, Marcelo Berezutchi, Luiz Renato, Edson, Helmar, Fátima de Santos, Guimarães e sem duvida o que mais me emocionou foi seu Ângelo Scritori que trabalhou com Zé Pelintra durante 70 anos e que aos 93 anos de idade quando incorporado largava o andador e trabalhava a noite inteira com o fôlego de um jovem rapaz... Que esta homenagem a Zé Pelintra seja também uma homenagem ao Sacerdote Ângelo Scritori que agora caminha do lado de lá junto com o querido Zé Pelintra.
Minicurso Zé PelintraPRESENCIAL
Dia 18 de Agosto, das 09h às 18h
Curso de 1 dia
SAIBA MAIS CLICANDO AQUI!*valor promocional até dia 30/06
Um grande abraço,
Colégio Pena Branca ♥︎☉

segunda-feira, 24 de junho de 2019

5 coisas Proibidas no Sexo pela Espiritualidade

O TRANSE ANÍMICO MEDIÚNICO.

Umbanda é Religião Brasileira- Episódio 70 da Umbanda LINDA

Umbanda uma religião Brasileira! 

De Caboclo à Pombagira na Umbanda, 
só se pratica única e exclusivamente o 
bem.
Confira como foi o episódio 70 do programa Umbanda Linda com Alexandre Cumino e David Dias!
▶️ Para assistir, é só clicar no vídeo abaixo!
👉 Lembrando que o programa Umbanda Linda 
Vai ao ar AO VIVO toda quinta-feira, às 12:00 na Rádio Mundial (95,7)
E nós sempre postamos o vídeo do programa no nosso youtube na próxima segunda-feira após o programa =)
Clique aqui para assistir no youtube →
Um grande abraço e tenha uma ótima semana! ❤

Os Guias Reencarnam?