sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Quem é JESUS e Maria Mãe de Jesus na Umbanda? Resposta do Núcleo de Estudos Mata Verde.:









EAD Mata Verde

seg, 7 de jan 12:44 (Há 4 dias)
para eu
Prezado irmão de fé, Antonio Carlos.
Peço desculpas pela demora na resposta.

Na doutrina dos Sete Reinos Sagrados,
 Jesus é um espírito de alta evolução espiritual, que se encarnou na Terra com uma missão.

Jesus está na vibração do sexto-reino, reino da humanidade que é regido por Oxalá. 

Portanto Jesus é um espírito da vibração de Oxalá, a vibração da Fé e é responsável por toda Humanidade.

No caso de Maria, a mãe de Jesus, pertence ao quarto-reino, o reino das águas, das mães, das mulheres. 

É um espírito da vibração de Iemanjá, assim como todas as entidades femininas e as mães.

Abraços,

Manoel Lopes

Ter Medo de Sair de seu Terreiro ?

New post on Umbanda - Orixá Essência Divina - Templo de Umbanda Ogum 7 Ondas e Cabocla Jupira

Quero sair do terreiro, mas tenho medo.

by cristinatormena
A porta da felicidade abre só para o exterior; quem a força em sentido contrário acaba por fechá-la mais.  (Soren Kierkegaard) Arte de Cécile Desserle
Infelizmente não é a primeira vez que me deparo com essa frase em grupos e fóruns de Umbanda, onde estamos recebendo relatos de médiuns que afirmam estar em péssimos terreiros, mas que simplesmente não conseguem sair porque sentem medo, devido a inúmeras ameaças de dirigentes, os quais dizem que irão fazer feitiços, casos esses filhos saiam de suas casas.
A princípio deve-se deixar claro e frisar que dirigentes idôneos e sérios NÃO AMEAÇAM SEUS FILHOS NO SANTO, quem faz isso são dirigentes que usam de coação moral para não perder os médiuns que muitas vezes ajudam a bancar e levar financeiramente esse mesmo terreiro. Os famosos dirigentes que buscam filhos a laço, enxergando neles uma fonte rendável, esses não possuem diferenças dos tão conhecidos mercadores da fé.
Muitos desses mesmos ditos dirigentes não querendo se expor, acabam aplicando a mistificação indireta (ato onde o médium tem plena consciência de estar fingindo, enganando estar acoplado com um guia), com a livre escolha de enganar, fingindo estar incorporados com guias os quais vem em terra e começam a jogar indiretas, ameaças caso algum filho esteja querendo sair, dizendo que irão prejudicá-lo, uma das frases mais famosas: SUA VIDA "FILHO", CASO SAIA DO TERREIRO, NÃO IRÁ CAMINHAR, SEUS CAMINHOS IRÃO SE FECHAR, A DOENÇA, A DESGRAÇA IRÁ TE ACOMPANHAR, MEU EXÚ IRÁ TE DERRUBAR, frases como essas e até piores.
Vejam é até compreensível entender esses filhos, o medo que sentem, porque ainda acreditam não serem capazes de fato de se auto defenderem ou se protegerem, não se sentem fortes para se protegerem ou mesmo caminharem sozinhos.
...
MAS NÃO ESTÃO SOZINHOS, OS SEUS ORIXÁS ESTÃO COM ELES JUNTAMENTOS COM OS GUIAS AMPARADORES.
Infelizmente há pessoas muito ruins, dirigentes vingativos, destrutivos, que não aceitam perder um filho no santo e se sentem depreciados com isso. Muitos desses dirigentes possuem moral duvidosa, e ainda não aprenderam que um terreiro não é prisão e que médium nenhum é de sua propriedade, muitos até possuem a audácia de dizer que irão amarrar e prender os guias de tais médiuns, quanta bobagem, se esquecem que o que Deus dá, só ele pode tirar. Homens de baixa espiritualidade.
Médiuns que estão passando por isso se esquecem de certas máximas espirituais, dentre elas uma em especial que diz: Deus em sua infinita misericórdia não permitira que um inocente sofresse um mal sem merecimento.
Um médium que permanece num terreiro indevido, ele comete um grave erro, muitas vezes sem o mensurar, explico... porque se ele sabe que aquele lugar não trabalha devidamente e de forma correta e idônea, ele de vítima passa a ser também conivente com o mal que está sendo praticado ali, e ai sim toda essa soma energética negativa, trevosa começa a abater sobre ele, se equivale a convidar o mal a entrar na sua vida, puxar uma cadeira e mandá-lo se sentar e ficar a vontade. Não existe coisa mais triste, que o silêncio dos bons, quando se amedrontam perante a presença do mal e não lutam contra ele.
Uma outra coisa que não posso deixar de mencionar que um médium que se sujeita por medo a permanecer num terreiro com essas características ele com o tempo se sente anulado, vai perdendo sua dignidade e respeito próprio, e fica a merce dos piores tratamentos, e toda essa soma acaba lhe prejudicando sua espiritualidade, sua mediunidade, e pior acaba sendo vítima de espíritos vampirizadores, obsessores que o usaram com muita facilidade e bom grado.
Devemos explicar bem que os espíritos amparadores muitas e muitas vezes tentam alertar os seus médiuns do perigo que estão correndo, muitas vezes antes já deram sinais de sua insatisfação, mas o que acontece é que médiuns que estão nesses tipos de terreiros muitos deles acabam desacreditando em seus próprios guias indo contra suas determinações e aconselhamentos. E com o tempo por questões de afinidade e sintonia por causa desse medo correrá o risco de perder a sintonia com seus amparadores, virando um recipiente vazio, com fácil acesso a qualquer tipo de energia.
O médium que estiver sofrendo coações não deve pensar duas vezes e se retirar, mantendo acesa a chama de sua fé, a confiança na providência divina que com certeza não o deixará em desalento e desamparo. O médium antes de ter fé no homem tem que haver fé no grande Pai Maior, em seus Orixás e guias, ele sabe que a luz divina irá iluminar seu caminho, como o candeeiro do viajante que mesmo na mais penumbra das estradas, sabe e confia que chegará em seu destino, porque a luz dele chega na frente, abrindo seus caminhos e horizontes.
Muitos médiuns que são ótimos instrumentos caem em terreiros assim, e outros começam a se questionar, o que faz tal médium num lugar desses? O que esses outros se esquecem que os guias também dão lições difíceis de se aprender, e que muitas vezes para se defender e coibir a força do mal, é preciso conhecê-la e identificá-la. Sim, as vezes experiências ruins em maus terreiros nos ajudam e nos ensinam o que não se deve fazer e praticar. Muitos desses bons médiuns ingenuamente e com muita determinação permanecem numa ânsia de tentar transformar tal local, mas acreditem o mal é convidativo e muitos caem nessa tentativa, infelizmente, porque acabam se contaminando e decaindo.
Mas em todas as histórias há sempre lados a serem analisados e considerados, nem todo filho no santo é de conduta irreparável, muitos médiuns saem de seus terreiros, são péssimos médiuns, com condutas morais duvidosas. Vingativos quando depreciados de igual forma, procuram outros terreiros de moral conivente a sua e ficam praticando e mandando feitiçarias para derrubar seu antigo terreiro e dirigente, fazem isso em momentos de raiva, mágoa, e depois de um tempo começam a sofrer consequências de seus atos e condutas, e é nesse momento que o medo também aparece e a pergunta surge: SERÁ QUE ESTOU PAGANDO ALGO, PELO QUE FIZ? E MUITOS JÁ ARREPENDIDOS, NÃO SABEM MAIS COMO CONSERTAR O MAL QUE FOI FEITO E CONDUZIDO PELA SUA PRÓPRIA VONTADE E DETERMINAÇÃO.
Solte os grilhões.
Meus irmãos e irmãs, a Umbanda é Paz, Amor e Caridade, tudo que fuja dessas máximas, foge da essência primordial do que é Umbanda.
Não fiquem em lugares cuja vossa sintonia já lhes manda alertas, respeitem a vontade de seus guias e orixás, porque muitas vezes a fantasia, o deslumbramento, a vaidade e a arrogância cega a muitos.
Deixo desde já, uma humilde sugestão, saíram de um terreiro, não fiquem cometendo o erro de ficar dando passividade a espíritos sem os devidos amparos, mantenham piamente suas rotinas, desde a firmeza do anjo da guarda, os cuidados com vossos guias, tomando frequentemente vossos banhos de descarrego, fluidificadores e energéticos. Não se esqueçam que nossos terreiros é nossos portos de força, nossos religares com a divindade e o sagrado mais a ESPIRITUALIDADE, deve estar crescendo forte dentro de você e estar onde você estiver.
Peço ao meu sagrado Pai Ogum e toda a ordenança sob sua força e luz, que escutem o apelo dos bons médiuns e os conduzam a Terreiros de Luz e que lá encontrem vossos destinos e missões.
Cristina Alves
Templo de Umbanda Ogum 7 Ondas e Cabocla Jupira
Santo André/SP

Como enfrentar a ansiedade e diminuir o estresse? | O Fazer | Monja Coen...