sábado, 21 de maio de 2016

Instituto Cultural Sete Porteiras do Brasil
Av. Tiradentes, 1290 - próximo ao metrô Armênia
central@seteporteiras.org.br
(11) 3313-5253 - (11) 2089-0327
 
Sono: Fuga ou recarga? (parte 3)
Por Barbara Scritori

... Floral pra dormir ajuda? Claro que ajuda. Mas não há formula milagrosa se você não souber o que está na raíz do seu medo para não estar dormindo, pois aplicar uma formula floral ‘’para insônia’’, ou seja, de forma generalizada, seria tratar o sintoma e não a causa, consequentemente sua insônia iria continuar.
Para o Dr. Bach, o nosso Eu Superior - ou nossa ‘’essência’’ como eu prefiro chamar - têm todas as respostas de que precisamos para não adoecermos, levando em consideração que tudo que altera o seu dia ou noite de forma negativa, gera ou já é uma doença em potencial, ou melhor dizendo, um SINTOMA em potencial. Pois para nós que atuamos nessa área terapêutica, uma doença nada mais é do que a demonstração física e cristalizada de uma emoção não muito bem trabalhada ou uma situação que você está e não está enxergando quão destrutiva ela é ou pode ter se tornado para você, e consequentemente, para o seu organismo, que nada mais faz do que te alertar ao adoecer.
Na mesma medida, sono em grande quantidade ou dificuldade pra acordar, também devem ser analisados em essência. Se acordar é enfrentar responsabilidades e viver a sua realidade daquele momento, seja ela boa ou ruim, dormir se torna uma ferramenta de fuga para se entrar em um ‘’mundo melhor’’, mais fantasioso, até mesmo infantil.

Continua...  
Instituto Cultural Sete Porteiras do Brasil
Av. Tiradentes, 1290 - próximo ao metrô Armênia
central@seteporteiras.org.br
(11) 3313-5253 - (11) 2089-0327
 
Sono: Fuga ou recarga? (parte 2)
Por Barbara Scritori

... Ou seja, são muitas as formas que você pode facilitar o processo. Mas ainda sim, há pessoas que mesmo dando uma rasteira no organismo, a mente se torna um oponente extremamente astuto. Vale então recordar que, dormir nada mais é do que relaxar nosso controle sobre tudo, pois o sono exige esse desprendimento, pedindo pra que nos entreguemos ao inconsciente. E esse processo pode vir a deixa nossa mente desconfiada a ponto de ter medo. Resultado: Insônia!

Segundo a psicossomática, quem sofre de insônia está tendo grande dificuldade em se desapegar do controle consciente, levando pra hora do sono seus pensamentos, preocupações e dando grande poder a mente, mas desta fez, de forma destrutiva.
Na M.T.C (Medicina Tradicional Chinesa), uma das grandes artes do sono, seria o resultado de estar inteiramente conectado consigo, gerando assim um mecanismo em potencial da nossa mente e inconsciente para nos dar soluções para nossos problemas, ou demonstrar que caminho seria melhor ser seguido pra determinadas situações do dia a dia. Como? Com sonhos!
Quando bem alinhados, temos tudo que precisamos exatamente dentro de nós para sabermos qual o melhor caminho a seguir, já que nessa Medicina antiga, nossos sonhos servem como ferramentas para se chegar primeiro nos possíveis resultados finais de nossas possíveis escolhas, com o intuito de ter isso como guia para, ao acordarmos, tomarmos decisões seguras e conscientes do melhor caminho a ser seguido.

Continua...  
Instituto Cultural Sete Porteiras do Brasil
Av. Tiradentes, 1290 - próximo ao metrô Armênia
central@seteporteiras.org.br
(11) 3313-5253 - (11) 2089-0327
 
Sono: Fuga ou recarga? (parte 1)
Por Barbara Scritori

Dormir é sempre gostoso, principalmente quando conseguimos fazer isso com facilidade. Mas tudo que é demais, acaba fazendo mal, e dormir não deixa de se encaixar nessa premissa. Na mesma moeda, tudo que é de menos, acaba influenciando de forma negativa o decorrer dos dias e nos prejudicando de forma semelhante.

Há então dois quadros de pessoas:

Aquelas que têm grande dificuldade pra conseguir relaxar a mente, tendo em vista que para fazer isso, você precisa prestar atenção tanto no contexto do seu quarto, sua alimentação e no que você faz ou deixa de fazer algumas horas antes de ir deitar – e entende-se deitar, deitar pra dormir e não deitar e ficar com o smartphone e sua luz branca na cara, mexendo nas redes sociais.

E há ainda, aquelas pessoas que se pudessem, o que mais fariam na vida, seria dormir - e algumas conseguem.

Começamos então pelo primeiro perfil.
Sua mente pode ser sua aliada ou o seu maior problema, isso é claro. Mas pra ajudar a ser mais fácil, você pode hackear o seu corpo e sua mente pra trabalharem pra você dormir e dormir bem. Coisas simples como um vaso de espada de São Jorge no quarto, a fim de melhorar a oxigenação; A redução de luzes brancas quando o horário de dormir se aproxima, com o intuito de reduzir a sua produção de melatonina- hormônio que regula seu sono e avisa seu corpo se está de dia ou de noite, fabricado naturalmente pelo nosso organismo NA AUSÊNCIA DE LUZ. E sim, estímulo de luz artificial confunde o organismo - dentre outras artimanhas.

Continua...  
 

                         Textos e Doutrina.

Blog de Estudos


VIDEOAULA A VIDA POR TRÁS DOS CRISTAIS.

142 - Medo

ACADEMIA: Texto= Renovação da Umbanda Urbana contemporânea: Por Luan Rocha de Campos

Dear Antonio, You read the paper " Algumas observações em torno da renovação na Umbanda urbana contemporânea "...