sábado, 16 de fevereiro de 2019

MEDIUNIDADE

Certa vez, uma jovem, me indagou como era necessário para ser uma Médium.

Respondi-lhe que Médium, todos nós somos.

A palavra Médium já diz; meio ou seja, somos mediadores entre a este plano e o espiritual.

Uns com maior intensidade; outros com menor, mas todos somos Médiuns.

Após essa explicação, fez outra indagação, como poderia ser uma médium de Umbanda?

Como não procuro indicar o terreiro que frequento por questões pessoais minhas sem nada a haver com o mesmo; disse-lhe:

Você tem que visitar um terreiro, ver o que sente ao chegar se algo lhe ocorre.

Ao iniciar-se os trabalhos, não ater-se ao local se é pequeno, se é grande, se está enfeitado ou não, se a casa utiliza de roupas extravagantes, ou simples, se existe atabaque ou não, se utilizam de tabaco ou não, etc, etc. 

Ficando unicamente claro que se houver matanças de animais; saia! 

Umbanda não tem matança, respeita a natureza as águas, os rios, o ar, a fauna e principalmente toda outra Religião, sem contudo necessitar do ritual de matança !

Tem que prestar atenção se desejar  consultar com um caboclo ou preto velho , deverá estar antes para fazer a marcação sem nenhuma cobrança por parte do terreiro. 

Assistir se houver a palestra ou mensagem que for dita pelo Dirigente ou Sacerdote que normalmente são  mensagens de amor, de perdão, de humildade, de fraternidade, de esclarecimentos sobre a Umbanda, Mediunidade, rituais, procedimentos ,etc.

Se marcou sua consulta ou tomar um passe apenas, procure no caso de consulta, ser humilde e entender que a pessoa que  ali está interligada com uma entidade espiritual e que portanto o que ela vier a lhe informar, aconselhar, é um caminho a ser seguido.

Se todavia, não gostou desse terreiro, não importa, vá a outro, ou outros até sentir que o local lhe cativou de alguma forma.

Agora, dirija, ao dirigente ou Sacerdote sem intromissão de ninguém e o informe que gostaria de também poder participar da corrente de médiuns da casa.

Certamente, ele lhe atenderá com alegria, mas, dirá os caminhos que deverão ser seguidos até que chegue você a sentir que está sentindo de alguma forma algo especial.

No início irá vestir a roupagem que é de costume do terreiro, auxiliando aos médiuns que se incorporam sendo denominada como cambone, podendo ser solicitada para atender a esse ou aquele para diversas funções.

Ocorre, que não é somente ir sempre ( isso será um de seus compromissos ) aos dias de atividades do terreiro que lhe permitirá vir a ser uma Médium de trabalho.

É necessário que além de ouvir as palestras se houver para os Médiuns ministrado pelos Dirigentes ou Sacerdotes, é necessário que procure ler muito entendendo o que é UMBANDA 

O que é e porque bater cabeça, e por aí em diante . 

Cada sessão, sempre haverá uma indagação em sua cabeça e não pense que mesmo como médium atuante, obterá das entidades que vir a incorporar lhes esclarecerão todas suas dúvidas.

Mesmo estudando, lendo, indagando,aprendendo no terreiro; nunca chegará a saber na realidade o que é ser um  UMBANDISTA !

Não possuímos dogmas, acreditamos em um só Deus, acreditamos nos Orixás, na prática da humildade e da caridade incondicional.

Após estes esclarecimentos, a jovem, sem que tenha solicitado mais nenhuma pergunta, disse " é vou ver ".

Lembrei-me desse fato e do provérbio: Muitos são chamados, mas poucos são os escolhidos !


ACE-16-02-2019

Que formas de luta são possíveis no Zen Budismo? | O Coletivo | Monja Co...

Atividades Hoje-16-02-2019 no Templo de Umbanda Ogum 7 Ondas e Cabocla Jupira

New post on Umbanda - Orixá Essência Divina - Templo de Umbanda Ogum 7 Ondas e Cabocla Jupira

Próxima Gira – 16/02

by cristinatormena
Kadir Nelson              Kadir Nelson began drawing at the age of three, and painting at age ten. “I have always been an artist,† Nelson ex...
É com grande alegria que convidamos a todos irmãos e irmãs para a nossa Gira desse sábado, nesse dia estaremos focando nossas energias as curas espirituais e físicas.
Aplicação do Evangelho e Palestra: 18:00hs
Horário de Início: 19:00hs as 22:30hs.
Nesta gira, estaremos trabalhando com o povo D. água, nossas falangeiras responsáveis pela limpeza e fluidificação de nossos trabalhos, logo em seguida estaremos trabalhando com nossos grandes mestres e sábios Pretos Velhos, nossos grandes trabalhadores da falange dos Marinheiros e para o fechamento nossos Baianos.
Pedimos a gentileza a todos para que estejam chegando com 15m de antecedência, tanto para quem vem para a aplicação do Evangelho quanto para quem vem para o início da gira.
Gostaria de deixar frisado que em nossa casa prezamos o respeito, a irmandade, o amor ao próximo, a fé e caridade, sendo assim toda a nossa egregora tanto física quanto espiritual é regida pelas ordens espirituais dos amparadores. Em nossa casa não há nenhum tipo de cobrança de ordem financeira, e não realizamos nenhum tipo de feitiçaria que vá contra nossos princípios morais.
Pessoas que estarão vindo pela primeira vez pedimos a gentileza de estarem entrando em contado anteriormente. Agradecemos.
Estamos localizados na cidade de Santo André, no bairro Recreio da Borda do Campo, na rua: macaco prego, 11 – Tel: 4452-8000.
cristinatormena | February 15, 2019 at 11:52 am | Categories: Sem categoria | URL: https://wp.me/p6CoVr-3yl

Maus Dirigentes, Péssimos Médiuns x Bons Dirigentes e Bons Médiuns segundo Templo de Umbanda Ogum 7 Ondas e Cabocla Jupira

New post on Umbanda - Orixá Essência Divina - Templo de Umbanda Ogum 7 Ondas e Cabocla Jupira

O GRANDE DILEMA: MAUS DIRIGENTES E PÉSSIMOS MÉDIUNS X BONS DIRIGENTES E BONS MÉDIUNS.

by cristinatormena
Vou relatar um caso resumidamente para vocês, que acho importante porque abre reflexões e aprendizado. Como está difícil hoje em dia, por um lado bons dirigentes que se deparam com médiuns sem nenhum tipo de respeito, comprometimento, entram nos terreiros como se fosse a casa da Maria Joana, por outro lado estamos tendo vários casos de bons médiuns que caem nas mãos de péssimos dirigentes, dirigentes abusivos, oportunistas, ditadores, exploradores. Observem o caso abaixo: Uma médium X começou a frequentar um terreiro de um dito dirigente Y, enquanto eles estavam o casal ok, trabalhando ele fez de tudo para colocá-los dentro da gira, sempre ajudaram em tudo, em mensalidades, festas etc, até um dia que ela adoeceu e seu marido ficou desempregado, ai tudo começou a mudar, começaram a ficar de lado, esquecidos literalmente. A casa ficou em recesso por um tempão, e eles como bons médiuns sempre ligavam e perguntavam quando iria iniciar os trabalhos. Chegou a festa de Cosme e Damião ligaram e pediram ns. doces para a festa, fizeram sacrifício mas compraram tudo que pediram, só que tem um porém ELES NÃO AVISARAM DA GIRA DO DIA DA FESTA e fizeram os trabalhos e simplesmente ignoraram eles dois. Quando souberam obviamente ligaram para saber os porquês, o tal dirigente simplesmente veio com 100 pedras na mão, OFENSIVO e sabem por que isso acontece, porque para alguns dirigentes médiuns são cifras financeiras e monetárias nada mais que isso, não podem ajudar são descartados como um nada.
Por outro lado temos terreiros ótimos que vira e mexe aparece aquele médium irresponsável, que não quer saber de nada, acha que lidar com espíritos é brincadeira, estão acostumados a agirem assim são os verdadeiros macacos de galho em galho, turistas, até o dia que a Lei de Pemba chega para cobrar.
Hoje em dia tá muito complicado, por um lado péssimos dirigentes por outro lado médiuns vergonhosos e do outro lado bons dirigentes, médiuns bons que sofrem muito quando se deparam com esse tipo de seres humanos. E isso tá geral, é um caso mais estarrecedor que o outro. Esse relato é um grão de areia no deserto. E sabem o que é mais lamentável quantos abandonam a religião por causa de tanto desgosto e decepção, isso que é triste. São missões que se acabam por nada. E não adianta por mais cuidados que se tenham vira e mexe nos deparamos com esses perfis de médiuns e dirigentes. Mas cada vez que levamos esclarecimentos é um a menos que sofre. Cristina Alves - Templo de Umbanda Ogum 7 Ondas e Cabocla Jupira.

Espada de São Jorge , segundo Templo de Umbanda Ogum 7 Ondas e Cabocla Jupira

New post on Umbanda - Orixá Essência Divina - Templo de Umbanda Ogum 7 Ondas e Cabocla Jupira

Espada de São Jorge, não é para bater em médium.

by cristinatormena
Uso de espada de São Jorge. Uma das mais conhecidas ervas de Umbanda com numerosas finalidades. Mas tem um porém...
ESPADA DE SÃO JORGE não é para ser usada para tirar obsessores de médium batendo nos mesmos, dando verdadeiras surras os machucando. Frisando a questão aqui é Agressão, independente se o médium está bem ou mal acoplado. Caso haja algum dirigente que adote essa prática saiba se seu terreiro for denunciado, correrá o risco de ser fechado. Em uma época remota era comum ver essa prática hoje a mesma é passível de penalidades perante a lei. Cris Alves
A imagem pode conter: planta, árvore, atividades ao ar livre e natureza

Autismo segundo Templo de Umbanda Ogum 7 Ondas e Cabocla Jupira

Autismo e promessas de curas milagrosas.

by cristinatormena
Nenhuma descrição de foto disponível.
Abrimos um fórum na página da Orixá no facebook, devido um relato que recebi de uma mãe especial que recebeu uma proposta de um dirigente que falou que se ela fizesse a feitura do filho no Candomblé seu filho seria curado do Autismo.
Depois de muito debater o assunto, chegamos a conclusão de ser um grande absurdo tal promessa.
Infelizmente há ainda em nosso meio religioso pessoas que usam da boa fé, ingenuidade e credibilidade das pessoas para tirar proveito, isso é o retrato do comércio religioso instalado em vários seguimentos religiosos.
Eu particularmente consultei uma advogada Dr. Niucelia e perguntei a ela se tais dirigentes poderiam ser processados judicialmente e ela passou a seguinte informação:
O Estado não tem direito de interferir nos meios que uma religião adote, mas caso haja uma denúncia formal de abusos físicos, morais e psicológicos, e seja aberta uma AÇÃO JUDICIAL, o ministério público irá abrir um inquérito para futuras averiguações e apurações do caso, com devidos julgamentos e  punições caso seja necessário.
Ela ressaltou também que caso haja cobranças financeiras ela entende que se enquadra também como ESTELIONATO. 
Art. 171. Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento: Pena - reclusão, de um a cinco anos, e multa.
Devido ao fato de ser um dinheiro que não terá como ressarcir.
Entraria também como CHARLATANISMO. 
CHARLATANISMO
Crime contra a saúde pública, exploração da credulidade, inculcando ou anunciando cura por meio secreto ou infalível. Art.283 do Código Penal.
Esse dirigente será chamado para prestar depoimento e será processado.
Pessoal esse é um assunto extremamente delicado, porque são vidas de pessoas especiais que possuem limitações, vulneráveis e que não podem responder por si mesmas.
Então responsáveis não acreditem em falsas promessas.
A energia do Orixá, dos guias e amparadores faz sim toda a diferença na vida desses irmãozinhos nossos, mas não vamos se esquecer que essas pessoas tem todo um processo espiritual a ser cumprido, de resgates em sua atual encarnação. Frise-se
Deixarei o link do debate ocorrido na página da Orixá caso alguém queira ler todos os comentários dos participantes: https://www.facebook.com/groups/orixaessenciadivina/
Observem que estamos falando de pessoas deficientes que não respondem por si mesmas racionalmente, mentalmente, fisicamente e emocionalmente.
O objetivo primordial dessa matéria é alertar a todas as mães e pais, familiares de pessoas especiais, que tomem muito cuidado para não se deixarem enganar por falsas promessas.
Temos plena sensibilidade e empatia, sabemos que não é fácil lidar com o problema, mais saibam desde já, vocês foram escolhidos para uma missão incrível, foram escolhidos por Deus. Gratidão eternas por tão grande amor.
Sabemos que o desespero, o desgosto, a tristeza bate sim, mas vocês não estão sozinhos.
Curas espirituais existem mas em casos sérios como o Autismo não acreditem cegamente, precisa haver todo um histórico médico comprovando tais supostos feitos.
Observem apenas um detalhe se tais feitos fossem idôneos e sérios, toda a classe médica estaria voltada a comprovação dos fatos.
Procurem sempre terreiros sérios e idôneos, que irão ter empatia e respeito com os problemas de cada um, e não enxergar em vocês como mais um para tirarem proveito. Tanto no Candomblé quanto na Umbanda há dirigentes ótimos que honram suas religiões.
Agradecimentos especiais a todos os irmãos e irmãs que participaram e doaram seu tempo em nossa página no facebook.
Esses irmãozinhos nossos, os amem incondicionalmente eles contam conosco para que seus processos de reencarnação sejam cumpridos.
MAIS RESPEITO, MAIS EMPATIA, MAIS AMOR. POR FAVOR.
Cristina Alves
Templo de Umbanda Ogum 7 Ondas e Cabocla Jupira.

Os Guias Reencarnam?