sábado, 21 de dezembro de 2013

VERDADEIRO NATAL

UM FELIZ NATAL

            Desejo que você tenha um feliz Natal, partilhando alguns momentos felizes, junto de seus familiares e amigos.
            Desejo que você conquiste um grande sentimento de conciliação em que se possa buscar o perdão para você mesmo, e do mesmo modo, perdoar a todas as pessoas que, por algum motivo, mesmo que desconhecido, colocam-se com animosidade contra você. Busque a paz com todos, mesmo porque, todos os nossos sentimentos, sejam de amor ou de ódio, são apenas criações de nossa mente, e a sabedoria é criar na mente o sentimento de amor, pois, somente o amor sustenta a paz e a fraternidade, e somente com estes sentimentos podemos conquistar, na própria mente; o sentimento de felicidade.
            Quando o Mestre Jesus aconselhou a orar pelos inimigos, Ele sabia perfeitamente que suas orações atingiriam o inimigo de modo inconsciente, e você estaria falando diretamente com o inconsciente dele, e atuaria ali, diretamente, e com eficiência, portanto, reserve alguns momentos para pacificar-se com quem quer que seja, e que tenha algo contra você, peça perdão, com sincera humildade, mesmo acreditando não tê-lo ofendido; é que, para ele, você o ofendeu.
            O Natal é uma festa essencialmente da família; e não devemos nos esquecer de que nossa família é mais extensa que aquela reunida de modo visível a todos. Você pode, e deve; convidar com muito carinho, aqueles familiares que já se encontram no Mundo Espiritual, pois, até a sua presença neste mundo, foram eles que possibilitaram, e também, são eles que, mais diretamente, estão amparando a sua caminhada. Agradeça-os pelas horas de dedicação e amor com que trataram de seu bem-estar, de sua saúde e de sua felicidade; e do mesmo modo, peça perdão pelas angústias que você provocou, de modo voluntário, ou não; todavia, até as pequenas febres que você teve na infância, foram motivos de angústia para eles, portanto, demonstre sua gratidão e aprenda a amá-los, mesmo sem uma interação consciente.
            Desejo, enfim, que você seja feliz e que compreenda que a felicidade, assim como todos os sentimentos, são criações feitas na mente, e que aprenda, em definitivo, a fazer boas criações em sua mente.
            Seja feliz, no Natal e depois em todos os dias de sua vida.

Pedro

Obaluaê saúda Xangô - rito de final de ano.

 Obaluaê saúda Xangô - rito de final de ano.: “Umbanda deriva fundamentalmente do culto religioso da velha África. Os seus princípios doutrinários são realmente frutos d...

ACADEMIA: Texto= Renovação da Umbanda Urbana contemporânea: Por Luan Rocha de Campos

Dear Antonio, You read the paper " Algumas observações em torno da renovação na Umbanda urbana contemporânea "...