quinta-feira, 1 de maio de 2014

TEFO - PUBLICAÇÃO Nº 16


Amigos de Luz
ANO IV Nº 16 
Publicação Interna da Tenda Espírita Filhos de Oxalá Abril 2014

Queridos Irmãos, é com imensa alegria que todos os colaboradores do Jornal Amigos
de Luz exaltam hoje esta Casa - Tenda Espírita Filhos de Oxalá (TEFO) - um
espaço de caridade e amor ao próximo, e que hoje (23/04), dia do nosso Patrono
Ogum, comemora 40 anos de trabalhos intensivos junto a todos que necessitam de
um atendimento de fé, espiritualidade, amor, esperança e solidariedade.
Neste ano, estas comemorações tiveram início no dia 19/03/14 com o convite para
comparecermos à sede da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, ALERJ, e
participarmos de uma sessão, junto com mais onze coirmãs, quando receberíamos
uma “MOÇÂO PÚBLICA”. Lembrando que “nada acontece por acaso”, este é o dia
de São José, sincretizado com Xangô, e o ano de 2014 está sendo regido por este
mesmo Orixá e Iansã, Orixás Chefes da Coroa da Médium que foi uma das figuras
centrais desta Casa de Luz, a dirigente Srª Milene Lessa (In memoriam). Ao oferecer
este título, a ALERJ, através de seus membros, torna público o seu agradecimento a
este Centro Espírita pelas boas ações realizadas em prol da população do RJ.
Esta homenagem foi organizada pelo Exmo. Deputado Estadual Atila Nunes e
pelo Diretor da Federação Brasileira de Umbanda (FBU), Sr José Gentil, à nossa
Presidente, Sra. Nice, e ao Sr. José Luiz, Vice-Presidente. Estiveram também
presentes à cerimônia, além dos dirigentes dos demais templos, diversos amigos e
familiares dos mesmos, além do filho do Exmo. Deputado, o Vereador Atila
Alexandre Nunes e o cantor Tião, que a cada momento que uma Casa era
homenageada, entoava um ponto. Durante a cerimônia foi feito um resgate histórico
de cada uma das Casas homenageadas, com o objetivo principal de exemplificar a
todos os presentes que, apesar dos obstáculos encontrados por estes irmãos, eles
colocaram em prática a missão que trouxeram do alto, ou seja, “Amai-vos uns ao
outros”, que é o lema principal da Umbanda, manifestado na prática da caridade, tanto na
palavra como na ação.
Para que vocês também participem desta homenagem, reproduzimos, na íntegra, na
seção “Caridade em Ação”, o texto que serviu de base na cerimônia da ALERJ.
Muito Axé a todos!
ATENDIMENTO
CARIDADE EM AÇÃO
4
O atendimento à assistência
nesta casa acontece de formas
diferentes, mas que se
complementam. De acordo com a
orientação dos nossos Guias
Espirituais e das necessidades dos
filhos assistidos, temos:
Giras de Consultas: caboclos e
preto-velhos, comandados pelos
Caboclos Tupy e Sete Cachoeiras.
- Sábados, de 15 em 15 dias,
às 17:00 horas.
Giras de cura, para as quais são
encaminhados pelos guias de
sábados, os filhos com problemas
de saúde, sendo atendidos com
passes de cura.
- 4º feira, de 15 em 15 dias, às
19h30min.
Giras de desenvolvimento,
Geralmente são realizadas
exclusivas para o corpo de médiuns
da casa.
Energização somente para os
Médiuns: Realizada em 03
encontros durante o ano.
“Mãe Nice,
Viúva, mãe de dois filhos, mineira de uma família de
sete irmãos. Chegou ao Rio de Janeiro na década de 50
quando começou a frequentar o Centro Espírita
Caboclo Pena Branca situado no bairro do Cachambi,
em decorrência de uma doença de um de seus irmãos.
Começou a se desenvolver espiritualmente
acompanhada de seus irmãos Juca e Milene. Após o
fechamento do terreiro, passaram a trabalhar
espiritualmente nas casas daqueles que careciam de
ajuda e também na mata e na praia. Com o passar do
tempo, perceberam a necessidade de um local fixo para
dar prosseguimento ao atendimento. Amigos da família
se reuniram e construíram, na parte inferior da casa
onde mora a família, o terreiro para atender a
assistência. Em 23-04-1974 foi fundada a Tenda
Espírita Filhos de Oxalá – TEFO – que tem como
Guia chefe o Caboclo Vira Mundo e o Patrono Ogum.
A frente da casa estão o Caboclo Vira Mundo, (sua
irmã Milene – in memoriam) e Ogum Beira-Mar (seu
irmão Juca – in memoriam) e a preta velha Tia Maria
(Mãe Nice). Em 2001, sua irmã fez a passagem,
deixando uma grande lacuna no terreiro e com grandes
chances de ser fechado. No entanto, um dos médiuns
do terreiro, José Luiz (Caboclo Sete Cachoeiras e Pai
Benedito) a incentivou a continuar o trabalho
espiritual no terreiro. Em 2011, mais uma perda
importante: seu irmão Juca, que estava afastado do
templo em decorrência de um AVC, fez a passagem e
mais uma vez a irmã Nice, fragilizada e achando que
não conseguiria dar conta, sentiu vontade de fechar as
portas. Mais uma vez, além de ser amparada pelos
benfeitores espirituais, teve o apoio incondicional de
dois médiuns da Casa: José Luiz (Caboclo Pena
Branca) e Antônio das Graças (Pai Antônio); este
último através do Pai Antônio e do Padre Antônio
dirige as Giras de curas que são realizadas às quartasfeiras,
alternando com as Giras de Umbanda que
ocorrem aos Sábados. Os três médiuns “formam o
triângulo, à frente deste ponto de Luz”.
Caridade, Evolução e Disciplina
Homenagens
Os nossos mais sinceros agradecimentos aos Médiuns e aos amigos irmãos que com amor e dedicação doaram preciosos momentos de sua fé para ajudar a Casa. Citamos primeiramente os Irmãos de Fé: (Médiuns) Paulo da Mata, Sras. Berenice e Maria Cecília, Srs. Ioá, Genésio (todos já se encontram no Plano Espiritual) e Leninha. Agora nos lembramos dos Amigos que muitos nos ajudaram para que chegássemos até aqui, são eles: Srs. Jatobá, Pernet, Coronel César, Napoleão, Cruz, Floriano e Barbosa.
Aos irmãos que vêm à nossa casa:
*Atente para o seu procedimento, nas horas que antecedem a sua vinda a uma sessão.
*Evite desentendimentos.
*Prepare seu espírito para a paz.
*Cuide de sua alimentação, evitando carnes vermelhas e bebidas alcoólicas, no dia que vier para a consulta e passe. Sempre que possível, desde o dia anterior.
*Escolha um vestuário apropriado a uma Casa de Oração.
*Use roupas claras e que não sejam curtas nem decotadas.
*Estando na Assistência, mantenha-se em silêncio e oração.
*Aproveite para meditar e cantar os pontos de umbanda, fortalecendo, assim, a Corrente Espiritual.
*Mantenha os celulares desligados no decorrer da sessão.
*A primeira vinda ao Centro deverá ser feita na Gira de Consulta, para que os Guias Espirituais da Casa determinem o tipo de atendimento necessário.
*As Giras de Cura são para atender os filhos encaminhados através das sessões de sábado.
Seja Bem-Vindo!!!
Calendário
Abril:
Cura :Dias: 02; 10 e 30 às 19h30min.
Consultas: Dias: 12 e 26 às 17h
HOMENAGEM A OGUM
Dia: 23/O4
Maio:
Cura:14 e 28 às 19h30min.
Consultas: 10 e 24 às 17h
HOMENAGEM AOS PRETOS VELHOS : 17/05
Junho:
Consultas: Dias 07 e 21 às 17h
Cura: Dias 11 e 25 às 19h30min.
Em Dia de Consulta, atenderemos conforme orientações abaixo:
CANTINHODAUMBANDA
Ogum é um dos orixás mais cultuados na Umbanda, o soldado de Aruanda, Ogum é o general de guerra, o vencedor de demandas. O patrono do ferro, dos metais em geral. Sua cor geralmente é o vermelho e branco, mas varia muito dependendo do culto e da casa. Sua saudação é Patacori Ogum, Ogum Iê.
Oração a Ogum
O fogo é vosso elemento natural e é com ele que transformais as nossas vidas e nosso íntimo. Renovai as nossas almas, forjai-as para que estejamos prontos para vivermos a verdadeira felicidade, purificai-nos e tirai de nós os ímpetos e os vícios, até que só a luz resplandeça. Só assim nos tornaremos verdadeiros soldados da luz.
Protegei-nos com vosso escudo sagrado de todo ataque das trevas. E que vossa espada de fogo seja sempre a nossa espada para que as forças do mal não tenham poder sobre nós.
Imbuídos do vosso poder imenso, jamais cairemos, e todo mal que em nós estiver, será retirado. Fazei vir a nós vossas milícias sagradas para que as nossas súplicas sejam atendidas…”.
Oração inspirada pelo espírito de Vovó Cambinda 25/07/1998 – Templo de Umbanda Anjo)
Amigos, o atendimento em nossa Casa se dará através de fichas, que serão distribuídas entre 16h 30min e 17h30min. Será fornecida uma ficha por pessoa, para apenas uma Entidade.
OBS: Não será permitido reserva de fichas por antecedência.
EM CASO DE DÚVIDAS, POR FAVOR, FALE CONOSCO!
Segue abaixo as cores de fichas correspondentes a cada Entidade:
FICHA BRANCA
Tia Maria; Vovó Maria Conga; Pai Joaquim Do Cruzeiro e Pai João da Mata.
FICHA AZUL
Pai Benedito de Moçambique; Tia Maria das Sete Chaves; Pai Benedito do Cruzeiro das Almas.
FICHA AMARELA
Pai Joaquim de Angola; Pai Benedito do Roseiral; Pai Cipriano e Vovô Cambino.
FICHAS VERDES
Estas fichas estão destinadas às prioridades: crianças, pessoas com necessidades especiais, grávidas e doentes.
2
3