sábado, 27 de setembro de 2014

TEMAS DE ESPERANÇA .

    

Temas de Esperança


Quem goste de pessimismo, e se queixe de solidão, observe se alguém estima repousar no espinheiro.
*
Pense que se não houvesses nascido para melhorar o ambiente em que vives, estarias decerto em Planos Superiores.
*
Com a lamentação é possível deprimir os que mais nos ajudam.
*
Se pretendes auxiliar a alguém, começa mostrando alegria.
*
A conversa triste com os tristes, deixam os tristes muito mais tristes.
*
Quem disser que Deus desanimou de amparar a Humanidade, medite na beleza do Sol, em cada alvorecer.
*
Se tiveres de chorar por algum motivo que consideres justo, chora trabalhando, para o bem, para que as lágrimas não se te façam inúteis.
*
Nos dias de provação, efetivamente, não seriam razoáveis quaisquer espetáculos de bom humor, entretanto, o bom ânimo e a esperança são luzes e bênçãos em qualquer lugar.
*
Guarda a lição do passado, mas não percas tempo lastimando aquilo que o tempo não pode restituir.
*
Quando estiveres à beira do desalento pergunta a ti mesmo se estás num mundo em construção ou se estás numa colônia de férias.
*
Deus permitiu a existência das quedas d’água para aprendermos quanta força de trabalho e renovação podemos extrair de nossas próprias quedas.
*
Não sofras pensando nos defeitos alheios; os outros são espíritos, quais nós mesmos, em preparação ou tratamento para a Vida Maior.
*
Se procuras a paz, não critiques e sim ajuda sempre.
*
Indica a pessoa que teria construido algo de bom, sem suor e sofrimento.
*
Toda irritação é um estorvo no trabalho.
*
Deixa um traço de alegria onde passes e a tua alegria será sempre acrescentada mais à frente.
*
Quem furta a esperança, cria a doença.
*
O sorriso é sempre uma luz em tua porta.

* * *

Xavier, Francisco Cândido. Da obra: Companheiro.
Ditado pelo Espírito Emmanuel.
25a edição. Araras, SP: IDE, 1999.

Relitamos sobre estes Temas.

Resumo da Palestra no Portal de Sananda (GAF) em 15/09/2014:

Tema: “Orar e vigiar”

Quem possui o hábito de orar, não se entrega à aflição nem à revolta, pois a oração oferece o equilíbrio das emoções.
No entanto, muitos acham perda de tempo orar, afirmando ser a prece uma via de mão única… Ledo engano…
A prece não é um monólogo, já que pelo recolhimento íntimo podemos conversar com Deus, e Ele, através de nossa intuição sempre responde às nossas súplicas.
O ato de orar exterioriza a confiança, o reconhecimento e a gratidão pelos préstimos alcançados.
Sem a prece nossa crença não passa de uma aparente manifestação de fé que nada acrescenta de positivo.
Devemos orar no silêncio das nossas reflexões, deixando que as vibrações superiores envolvam nossas mentes e corações.
A prece nos possibilita recorrer aos bons espíritos para buscar forças que ajudem um caminhar seguro e harmonioso.
O caminho terreno é repleto de obstáculos e desafios, exigindo a persistência no orar e vigiar. Porém, é também imprescindível o trabalho fraterno e humilde de ajuda aos irmãos necessitados.
A oração modifica nosso modo de enxergar a vida, pois dilata nossa visão espiritual para compreendermos as dificuldades e podermos resolvê-las com sabedoria.
Quem não ora nem vigia, será sempre presa fácil da obsessão e do desequilíbrio mental e emocional.
“Pedi e obtereis” – exortou Jesus.

Tema: “Fé”

O propósito da fé é levar a criatura humana perseverar sem esmorecimento, na tarefa da própria renovação espiritual.
Através da fé consciente, podemos nos libertar da prisão das fascinações mundanas, afastando-nos das sinuosas estradas da ilusão e dos apegos.
No entanto, é trabalho árduo que exige perseverança no testemunho da fé, para não recuarmos ante as provas difíceis mais necessárias ao nosso burilamento moral e espiritual.
É necessário determinação e empenho diante as dificuldades do caminho evolutivo, sustentando nossa coragem, já que, toda conquista exige esforço e perseverança.
Mas, de nada vale a fé, se o coração permanecer as escuras por falta de compreensão… pois, sem ela, nos deixaremos levar pelo desalento e desânimo.
Sem fé, os prazeres e apelos nos tentarão e, as tramas e seduções nos afastarão do objetivo maior, nossa renovação íntima.
Não devemos permutar o que é eterno pelo que é transitório, pois a cruz que precisamos carregar nos pesará muito nos ombros.
Sem fé, quando a dor se fizer presente em nossa vida, nos sentiremos abandonados e aflitos.
Com fé nossa trajetória será boa, nos auxiliando a afastar do nosso dia-a-dia, injúrias, hostilidade, incompreensão e desamor.
O tempo físico é curto e, no término de cada encarnação só teremos nossa própria consciência à nos julgar.

Tema: “Determinação”

Inúmeros e variados são os percalços do caminho terreno, porém, precisamos prosseguir em frente com muita determinação.
Não devemos perder a fé no amparo divino, que nos assiste através dos amigos do mais alto, que não nos deixam abandonados com nossas provas e expiações.
Sem a intercessão divina, com certeza nos precipitaríamos em abismos profundos da dor e do sofrimento.
Vivemos a reclamar, quando deveríamos despertar e compreender ser inútil pretender colher bons frutos sem a justa semeadura.
Só pelo conhecimento podemos adquirir mais ampla compreensão do porque sofremos, o que nos ajudará a aceitar as dores sem lamentação.
Cada dor, cada aflição, cada lágrima, encerra lição bendita que estimula o progredir e o renovar.
Queixas são vazias de bons propósitos, pois, toda dificuldade no caminho é apenas o resultado das más escolhas.
Sem determinação pouco conseguiremos pois desistindo de lutar, adiaremos nossa jornada evolutiva para o futuro.
Talvez o problema maior seja a falta de fé em nós mesmos, que nos faz desistir no meio do caminho e estacionar.
Não devemos nos acomodar na paz ilusória que nos escraviza, impedindo o buscar solução para as dificuldades.
“Tenhamos determinação e fé, e tudo resolveremos”.

REFLEXÃO: para vestir o branco na Umbanda!!!

REFLEXÃO: para vestir o branco na Umbanda!!!

Não sendo nada de Religiosidade, mas de interesse aos mais necessitados DEFICIENTES, POR FAVOR DIVULGUEM!

> Ajude divulgando

Leitura para cegos. Gratuito e é  no Rio. Veja o endereço abaixo
Queridos amigos, para seu conhecimento e divulgação dentro de suas possibilidades!
Pensando nos que não veem, segue abaixo um serviço: 
Audioteca Sal e Luz
Venho por meio deste e-mail divulgar o trabalho maravilhoso que é
realizado na Audioteca Sal e Luz e que corre o risco de acabar. A
Audioteca Sal e Luz é uma instituição filantrópica, sem fins lucrativos, que produz e empresta livros falados (audiolivros). Mas o que é isto? São livros que alcançam cegos e deficientes visuais  (inclusive os com dificuldade de visão pela idade avançada), de forma totalmente gratuita. Seu acervo conta com mais de 2.700 títulos que vão desde literatura em geral, passando por textos religiosos até textos e provas corrigidas voltadas para concursos públicos em geral. São emprestados sob a forma de fita K7, CD ou MP3. Nos ajude divulgando!!! Se você conhece algum cego ou deficiente visual, fale do nosso trabalho, DIVULGUE!!! Para ter acesso ao nosso acervo, basta se associar na nossa sede, que fica situada à Rua Primeiro de Março, 125 - Centro. RJ.
Não precisa ser morador do Rio de Janeiro. A outra opção foi uma alternativa que se criou, face à dificuldade de locomoção dos deficientes na nossa cidade. Eles podem solicitar o livro pelo telefone, escolhendo o título pelo site, e enviaremos gratuitamente pelos Correios. A nossa maior preocupação reside no fato que, apesar do governo estar ajudando imensamente, é preciso apresentar resultados. Precisamos atingir um número significativo de associados, que realmente contemplem o trabalho, senão ele irá se extinguir e os deficientes não poderão desfrutar da magia da leitura. Só quem tem o prazer na leitura, sabe dizer que é impossível imaginar o mundo sem os livros... Ajudem-nos. Divulguem!

Atenciosamente,
Christiane Blume - Audioteca Sal e Luz.

Rua Primeiro de Março, 125- 7º Andar. Centro - RJ.
CEP 20010-000 Fone: (21) 2233-8007 Horário de atendimento: 08:00 às 16:00 horas
 http://audioteca.org.br/noticias.htm
A Audioteca não precisa de Dinheiro, mas de DIVULGAÇÃO!
Então conto com a ajuda de vocês: repassem!
Eles enviam para as pessoas de graça, sem nenhum custo.
É um belo trabalho!
Quem puder fazer com que a Audioteca chegue à mídia, por favor fique
à vontade.
É tudo do que eles precisam.

Ato de Espelhar é diferente de imitar- Segundo Mãe Cristina Tormente.

New post on  Umbanda - Orixá Essência Divina - Templo de Umbanda Ogum 7 Ondas e Cabocla Jupira O ato de se espelhar, é diferente de...