quinta-feira, 29 de março de 2018

Informação da Fonte 📰

Oi Antonio 😀 Como está?

Antes de você curtir o feriado, resolvi passar aqui pra te enviar com exclusividade o texto que eu escrevi ontem!
Antonio, essa matéria, é uma leitura sucinta sobre a sexta-feira santa, que explica um pouco do porquê ela ser associada à Umbanda.

Para você ⤵️

Ler no Blog
Hoje (29). Às 16hs. Pai Rodrigo Queiroz também abordará essa questão no Facebook da Umbanda EAD. Se quiser acompanhar e interagir é só acessar esse link > www.facebook.com/UmbandaEAD/ <
Agora eu encontro você só na sexta-feira que vem!
Nessas últimas semanas passei a receber muitas sugestões de pautas, com assuntos interessantíssimos! Antonio, estou muito feliz com essa interação 😀
Mesmo que eu não consiga responder toodo mundo, eu leio todos os e-mails. 
Por isso, qualquer sugestão ou dúvida não espere, utilize este e-mail de contato > blog@umbandaead.com.br
Tenha uma páscoa cheia de axé, amor e família! 
Com gratidão, Júlia Pereira - Jornalista Blog UEAD

MENSAGEM DO AMOR

QUINTA-FEIRA, 29 DE MARÇO DE 2018

                        JESUS- O DESPERTAR É EVOLUIR               ESPIRITUALMENTE


O DESPERTAR É EVOLUIR ESPIRITUALMENTE 
E ESSE É O DESTINO DIVINO E INEVITÁVEL DA HUMANIDADE
JESUS


Através de John Smallman
19.03.2018


Na medida em que a grande mídia, quase que inteiramente, se concentra no drama dos conflitos que acontecem em todo o mundo - militar, político, social, empresarial, criminal, etc. - gostaria de lembrar que há uma enorme mudança acontecendo, na maneira como a maioria das pessoas vê o mundo.


As pessoas estão acordando para o fato de que o conflito precisa cessar e que conversações e discussões harmoniosas entre todas as raças, nações, culturas, facções políticas e líderes empresariais e religiosos devem ser iniciadas, com a intenção de uma cooperação para garantir que todas as formas de pobreza e abuso seja erradicado, em todo o planeta e que todo ser humano seja honrado e respeitado como filho de Deus.

Muita preparação já foi feita e, muitos, incansavelmente, estão trabalhando para este fim. Cada um que mantém a intenção de fazer isso acontecer, acrescenta poderosamente às energias do Amor a inundar o planeta.

Agora, é a hora de inspirar mudanças que acontecem no modo como a humanidade se relaciona consigo mesma e com todas as formas de vida sencientes, para que se afaste do que tem sido normal por tanto tempo na Terra - julgamento, desacordo, traição, conflito violento e abuso - e encontre sua verdadeira natureza.

A verdadeira natureza de toda forma de vida senciente é o AMOR.

No entanto, devido à ilusão da separação, o medo foi estimulado e, como a história da sua Terra claramente mostra, isso simplesmente não funcionou. O medo causa separação e faz com que as pessoas se fechem em si mesmas, acreditando que seja essencial para suas sobrevivências.

Parece que, quando as coisas estão indo bem, as pessoas apreciam não gostar, julgar e distanciar-se dos outros em questões insignificantes e sem importância real. No entanto, quando acontecem desastres naturais como: inundações, terremotos ou acontecimentos semelhantes, as flores do Amor se abrem para uma cooperação e ajuda mútua.

A consciência da irracionalidade dessas atitudes e comportamentos, totalmente opostos, está rapidamente crescendo, como é preciso que seja e, isso, está trazendo grandes mudanças que, massivamente, impulsionarão a evolução espiritual da humanidade.

Despertar é evoluir espiritualmente e, esse, é o destino divino e inevitável da humanidade. O mundo não terminará em um cataclismo nuclear e nem deixará de apoiar formas de vida sencientes, porque vocês estão acordando e mudando dramaticamente suas atitudes e comportamentos.

Os atuais conflitos são o jogo final, as últimas tentativas insanas daqueles ricos orientados pelo ego e poderosos que controlaram a humanidade. Passaram eras neste projeto que, sempre foi destinado a falhar.

Houve ocasiões em que pareciam estar vencendo e grande parte da humanidade foi reprimida e escravizada. Entretanto, porque vocês são seres divinos e suas verdadeiras naturezas é Amor e agendas egoístas e egocêntricas, que nunca estiveram em alinhamento com Ele, estão fadadas ao fracasso.

O Amor é tudo o que existe, nada mais é real.

Entretanto, enquanto vocês estiverem na forma humana, fica muito difícil lembrar que estão jogando num ambiente ilusório que construíram, puramente, com o propósito de experimentar o irreal, o impossível. Sendo poderosos, porque foi assim que Deus os criou, foram capazes de construir um ambiente irreal e ameaçador de sobrevivência, que parece totalmente real.

Todavia, coletivamente, já tiveram o suficiente desses jogos dolorosos e, às vezes, bastante aterrorizantes e, por isso, optaram por levá-los a um fim. Consequentemente, os conflitos que, atualmente ocorrem, cessarão, devido à falta de apoio e aqueles que os organizaram irão se encontrar sem lacaios dispostos a cumprir suas ordens.

A humanidade quer paz e um ambiente seguro, criativamente, para viver com seus entes queridos e, aqueles que são ou que foram gravemente prejudicados por abusos, físico ou psicológico violento responderão com alívio e gratidão aos muitos que, agora, lhes oferecem Amor e compaixão, permitindo reconhecer e liberar toda raiva e ressentimento reprimidos que implacavelmente lhes impelem à violência contra os outros.

Todos desejam paz, mesmo aqueles que parecem querer apenas violência. A violência surge por medo, por um sentimento de inutilidade ou falta de Amor e, na verdade, não existe nenhum encarnado que não tenha experimentado esses sentimentos.

Agora, muito rapidamente, uma consciência está crescendo e sentimentos como esses são totalmente inválidos. Todo ser senciente é um filho amado de Deus, criado perfeito e que permanece perfeito, portanto ninguém é desprezível ou, de qualquer maneira, indigno do Amor.

Um comportamento totalmente inaceitável e muitas vezes horrível em que uma minoria se envolve, está em completa oposição às suas verdadeiras naturezas, que mantiveram ocultas do medo, ao negociarem seus caminhos, através, dos ambientes violentos em que se encontram, aparentemente presos, ambientes que, às vezes, são muito físicos e que, outras vezes, só existe nas mentes desses indivíduos.

Esses temores surgem em resposta ao abuso, que tem sido endêmico na Terra por eras e que, nas últimas décadas, finalmente, foi visto pelo que é, a saber, um câncer autodestrutivo que aniquila aqueles que se envolvem com ele e, não como entendido anteriormente, uma forma de disciplina sensata e razoável, imposta aos que quebram as regras da sociedade.

Agora, muitos estão profundamente empenhados em alcançar aqueles que sofrem e sofreram, com Amor e compaixão, principalmente como resultado do abuso que eles próprios sofreram e que, ao longo do tempo, os levou a uma consciência de que o conflito nada resolve e, a compreensão de que o Amor e a compaixão proporcionam um espaço seguro, no qual a cura pode acontecer.

Esta tem sido uma experiência que, apenas, querem compartilhar com o maior número possível de pessoas feridas e prejudicadas e que, muito habilmente, estão demonstrando Amor em ação.

O Amor em ação é a força mais poderosa existente, sendo a única força existente, pois as outras são irreais, ilusórias e entrarão em colapso sobre si mesmas, não sendo absolutamente nada, embora, como seres humanos, as percebam como muito reais e perigosas.

E, quando escolhem se envolver apenas com o Amor, o medo desaparece como um motivador ou companheiro interno constante e surge, apenas, nos momentos em que seja necessário, na tomada de medidas imediata para proteger seus corpos físicos de danos.

Chama sua atenção para uma situação que só precisa ser tratada nesse momento e, esse é o único propósito. Não se destina a limitar ou controla-los, embora, por eras, tenha sido usado para fazer exatamente isso.

Quando escolhem passar por ele ou além, não poderá mais ser usado para controlá-los e vocês se sentirão livres. Este é estado natural, o estado em que foram criados e que, verdadeiramente, nunca deixaram.

Assim, a mensagem de hoje é simplesmente esta: Todos os dias, de bom grado e entusiasticamente visitem seus santuários ou altares interiores, onde o Amor reside permanentemente. Abram seus corações para permitir e recebê-Lo.

Então, sintam o caloroso abraço com o qual Ele os envolve e SAIBAM que estão livres e seguros em cada momento de suas existências, porque essa é a Vontade de Deus e a suas para com vocês!

Seu irmão amoroso,

Jesus

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
Formatação - DE CORAÇÃO A CORAÇÃO 
http://www.decoracaoacoracao.blog.br

Tira Dúvidas nº 260

sábado, 24 de março de 2018

Humildade !


QUINTA-FEIRA, 21 DE DEZEMBRO DE 2017

              Humildade é a verdade











 Áudio







Mais um tempo na terra se passa.
Mais um ciclo se conclui.
Mais um movimento como uma onda desse grande mar se faz na vida das pessoas.

Nada é tão sério , que não encontre solução.
Nada é tão banal, que não  tenha importância,
Todas as gotas do mar fazem o mar.
Todas as ondas são formadas de infinita partículas.

Quando você olha pra você, nunca se veja pequeno demais, para não ter valor aos olhos de Deus.

Quando você olha pra você, nunca se veja importante demais, que vale o seu lugar , um lugar maior do que aquele que ocupa o seu irmão.

Há um aprendizado coletivo no planeta.
E esse aprendizado coletivo do planeta é a humildade.
Você entender a sua importância e igualmente entender a importância do outro.

As pessoas se deixa conduzir pelo material.
Pelos anseios, pelos sonhos, pelos desejos, pelas necessidades.
Quando na verdade elas deveriam se conduzir pelo sagrado, pelo amor, pelo respeito e pelos valores espirituais.

Há uma inversão de energias no planeta.
E é o momento daqueles que já foram chamados pelo despertar espiritual de reverter esses valores.
Não há nada errado em vocês trabalharem.
Serem reconhecidos pelo que fazem.
Ter os seus rendimentos pra contribuir para o sustento da sua família e dos ambientes em que vocês vivem.

Mas esta não é a importância principal da sua vida.
A sua maior importância é você.
É a sua consciência.
É como você se relaciona com seus filhos, com seus pais, com seus irmãos e com o planeta.
É o momento de colocar as coisas no seu devido lugar.

Muitos reclamam do sofrimento.
Muitos passam ainda por momentos delicados.
Essas pessoas que sofre, olhem para a forma que vocês valorizam as coisas.
O sofrimento pode acabar, por você mesmo.
Você pode acabar com o seu sofrimento.
Olhe pra você.
Se você morresse hoje o que você levaria da sua vida?

Quais das suas missões como homem, como irmão, como pai, como filho,como amigo, estariam cumpridas?

Quais das suas missões como parceiros do seus irmãos estaria cumprida? E quais estariam em aberto?

Na hora do seu movimento para o plano espiritual, do seu despertar num outro mundo, o que realmente teria valor?

Seria sua conta bancaria ou o seu trabalho?
O maior valor é você.
Você é a sua luz, você é a sua sombra.
Você é a gota do oceano que compõem as ondas.

Nós investimos em cada homem, em cada mulher.Nós investimos a nossa presença, a nossa luz, em cada pessoa que se permite ser tocada por nós.
Cada pessoa é importante pra nós.
Cada pessoa que ouve a nossa voz, que se coloca na nossa energia, que pede por nós é muito importante pra nós.
É diferente, tem a sua individualidade, tem o seu jeito de caminhar,de falar, de vestir, todas as pessoas são únicas. E você é unico no amor de Deus.
Não se menospreze.
Nunca se veja menos do que a outra pessoa.
E nunca se veja mais do que alguém.
A sua luz contribui para a luz de todos.

Essa é a grande beleza espiritual, Deus que se faz nos pequenos e os pequenos que se tornam Deus.

Meus amados, o despertar é interno, as atitudes começam no coração e a vida é bela e sua.
Escolha amar, ser único, firme, forte na sua luz.

A serviço da fraternidade branca e da chama violeta que hoje se coloca nesta casa, eu sou mestra Pórtia e abençoo vocês. Envolvo cada um na minha luz, porque somos todos um, somos todos irmãos, somos todos amados pelo pai.

Estamos ativando no corpo sutil de vocês a energia de cura e de luz.

Estejam e vibrem em paz.
.



__________________________________________________________________________
Data: 20/12/2017
Canal: Maria Silvia P. Orlovas
Colaboração: Luana e Maria Francisca 

quinta-feira, 22 de março de 2018

Tira Dúvidas nº 258

Tira Dúvidas nº 258

NESTE SÁBADO em SP

237 - Resgates em Família

Tira Dúvidas nº 257

Tira Dúvidas nº 256

Tira Dúvidas nº 255

235 - Entidades de Luz

235 - Entidades de Luz

COMO INCORPORAR

SERÁ QUE VOCÊ ESTÁ MISTIFICANDO?

Centro de Iluminação Nosso Lar: Calendário para Março de 2018

Centro de Iluminação Nosso Lar: Calendário para Março de 2018: Trabalho de Preto Velho Sexta - 02.03.2018 - 20:00 Os conselhos e o colo dos sábios velhinhos(as) para nos ajudar em nossa jornada. S...

Centro de Iluminação Nosso Lar: Trabalho de Catimbó

Centro de Iluminação Nosso Lar: Trabalho de Catimbó: Sexta - 23.03.2018 - 20:00 C ulto da catimbó da jurema sagrada, uma mistura de terecô, tambor de mina, catolicismo, pajelança e mag...

Como a UMBANDA entende a REENCARNAÇÃO?

Como a UMBANDA entende a REENCARNAÇÃO?

O médium revoltado com a religião de Umbanda.

quarta-feira, 21 de março de 2018

VEJAM MAIS UMA ATIVIDADE PARA QUEM DESEJAR PARTICIPAR !


31/03/18 - ABERTURA MESA TAROT
UM DIA DE MILAGRES!

* SÁBADO DE ALELUIA  * NOITE DA LUA AZUL… e TODAS AS BOAS ENERGIAS ENTRE NÓS…  

Sob as cartas, símbolos e mensagens sagradas do Tarot de Marseille,  Mãe Mônica Caraccio abre o jogo criando Rotas  únicas envoltas de um espaço mágico cabalístico e de toda a Espiritualidade Superior com intuito de trazer o máximo de REVELAÇÃO e CAMINHO.
Normalmente o jogo se torna surpreendente gerando muitos suspiros e reflexões  – claro que dentro do merecimento e permissão de cada um. Fatos que fazem com que o jogo aconteça somente em datas específicas como será dia 31 de março. 
 Faça você parte desse momento, agarre as chances que o Destino te dá e viva melhor e em paz com seu futuro. 
Informe-se e marque seu horário  -  minhaumbandacarismatica@gmail.com  - whatsApp (11) 99707-8295 

NOVO CURSO PARA QUEM DESEJAR !

 “A gente ama aquilo que compreende… Para compreender precisa experimentar!!!”  (Mãe Mônica Caraccio)
  – NOVO CURSO: 25 de Março  – 
” Os Mistérios das DEMANDAS E MAGIAS NA UMBANDA”
DEMANDA EMAGIANA UMBANDA






Esse estudo envolve um Saber ÚNICO, envolve respeito,responsabilidade e coragem.
É um estudo Grandioso e extremamente “Simples”, que requer abertura e fechamento, que exige um Conhecimento amplo sobre alguns poderes como ‘o pensamento’, ‘ a fala’, ‘a natureza’, ‘o desejo’, ‘a divindade’, ‘o tempo’, ‘o sentimento’, ‘o bem e o mal’, o bom e o mau’, enfim um estudo que nos colocará diante do espelho da alma, diante do livre arbítrio e da Reação
ALGUNS TEMAS QUE SERÃO ABORDADOS NESSE ESTUDO:
. Histórico das demandas
. O poder do Demandar
. ‘O que é’ e ‘quais os tipos’ de demanda
. Porque e como acontece
. Quando e como se desfaz
. Natureza & Espiritualidade & Ser Humano interagindo com as demandas
Um curso para buscar o saber. Para entender o sentir e a melhor forma de agir.
Um curso ÚNICO e DESMISTIFICADOR. Arrepiante do começo ao fim!
aula dia 25 de março – DOMINGO
 Das 14:00 ás 19:00 hrs
………………………POUCAS VAGAS…………………………..
minhaumbandacarismatica@gmail.com 

Leis que são Fundamentos na Umbanda !

Uma exigência a todos os médiuns

Dia-do-Senhor






Axé a todos! Nós umbandistas vivemos envolvidos de intensas energias e vibrações, vivemos também sob leis especificas que nos sustentam e nos influenciam diariamente independente de gira, de terreiro, de linha de trabalho… É a Lei de Pemba. Lei do Retorno, Lei de Salva, entre outras.
Isso mesmo, existem leis que são fundamentos da umbanda e repito, nem todos os médiuns as conhecem, nem todos sabem suas potencias ou como atuam em nossas vidas, o que muitas vezes faz com que o médium ache que está sofrendo demanda, que a umbanda não está favorecendo a sua vida, que a casa em que trabalha é ‘fraca’, e assim por diante.
Nesse contexto, trago informações sobre uma lei pouco conhecida mas extremamente latente na vida de todos os umbandistas, falo da Lei de Salva.
A Lei de Salva é vivificada nos trabalhos que envolvem Magias, exclusivamente voltada às Magias Negras exigindo do médium um especial esforço físico, intelectual e espiritual.
Para entendê-la melhor transcrevo  as palavras de Mestre Yapacani retiradas do livro “Umbanda e o Poder da Mediunidade” (W. W. da Matta e Silva 1987 – 3a. edição – Livraria Freitas Bastos), para que cada um possa ter o seu discernimento e, claro, a sua opção de escolha.
Ponderem, essa Lei traz diversas reflexões, colocações e contestações no meio umbandista portanto, esse texto merece ser lido e relido palavra por palavra com muita atenção e inteligência, merece ser pensado e repensado sem juízo de valor, sem reducionismo e com muita atenção às Leis Cósmicas e Divinas como a Lei de Ação e Reação, Afinidade, Atração e a Lei do Merecimento.
Segue:
Mas o que é, em verdade, a lei de salva? Tentaremos explicar isso direitinho, pondo os pontos nos is, que é para tirarmos a máscara de muitos falsos “chefes-de-terreiros” ou “babás”, ou que outro qualificativo lhes queiram dar, que fazem disso a “galinha dos ovos de ouro” … Essa lei de salva é tão antiga quanto o uso da magia. Existe desde que a humanidade nasceu. Os magos do passado jamais se descuidavam de sua regra, ou seja, da lei de compensação que rege toda e qualquer operação mágica, quer seja para empreendimentos de ordem material, quer implique em benefícios humanos de qualquer natureza, especialmente nos casos que são classificados na Umbanda como demandas, descargas, desmanchos etc.
Dessa lei de salva, ou regra de compensação sobre os trabalhos mágicos, nos dão notícia certos ensinamentos esotéricos com a denominação de lei de Amsra(…) Nenhum magista pode executar uma operação mágica tão somente com o pensamento e “mãos vazias” – isto é, sem os elementos materiais indispensáveis e adequados aos fins(…) Essa história de pura magia mental é conversa para entreter mentalidades infantis ou não experimentadas nesse mister. Qualquer ato ou ação de magia propriamente dita requer os materiais adequados, sejam eles grosseiros ou não. Vão dos vegetais às flores, aos perfumes, aos incensos, às plantas aromáticas, às águas dessa ou daquela procedência até ao sangue do galo ou bode preto. A questão é definir o lado: – ou é esquerda, ou é direita, negra ou branca. Ora, como toda ação mágica traz sua reação, um desgaste, uma obrigação ou uma responsabilidade e uma consequência imprevisível (em face do jogo das forças movimentadas) é imprescindível que o médium-magista esteja coberto ou que lhe seja fornecida a necessária cobertura material ou financeira a fim de poder enfrentar a qualquer instante essas possíveis condições (… )Então é forçoso que tenha uma compensação.
Aí é que entra a chamada lei de salva, ou simplesmente SALVA (…) Mesmo porque, todo aquele que, dentro da manipulação das forças mágicas ou da magia, dá, dá e dá sem receber nada, tende fatalmente a sofrer um desgaste, pela natural reação de uma lei oculta que podemos chamar de vampirização fluídica astral, que acaba por lhe enfraquecer as forças ou as energias psíquicas… E naturalmente o leitor, se é médium iniciado na Umbanda, nessa altura deve estar interessadíssimo em saber como será essa compensação. Claro, vamos dizer como é a regra, para que você possa extrair dela o que seu senso de honestidade ditar: DE QUEM TEM, PEÇA TRÊS, TIRE DOIS E DÊ UM A QUEM NÃO TEM; E DE QUEM NÃO TEM, NADA PEÇA E DÊ ATÉ SEU PRÓPRIO VINTÉM. (…) É claro que essa lei de salva ou de compensação, própria e de uso exclusivo em determinados trabalhos de magia, não pode ser aplicada em todos os “trabalhinhos” corriqueiros que se pretenda ser de ordem mágica.”
Para ajudar um pouco mais, leiam o depoimento abaixo, mas leiam também despidos de qualquer enrijecimento conceitual ou construção sem embasamento:
“Há muitos anos, quando penetrava nos Véus da Umbanda, fui procurado por um grupo de Umbandistas na cidade em que residia para dar uma palestra para o grupo. Como batalhador pela elucidação, realizei a palestra. Passadas duas semanas, fui procurado por parte dos integrantes daquele grupo, que concluíram que não estavam praticando Umbanda e sim, algo confuso com diversos caminhos. Após as ponderações, concluíram que o mais adequado era encerrar as atividades. E, precisavam de uma ajuda para tal feito. Disse-lhes na oportunidade, que nunca tinha tido aquela experiência e precisaria consultar o meu Mestre na oportunidade para receber uma orientação adequada, que infelizmente foi por telefone. Este, foi categórico: manda tirar tudo, enterra no mato e defuma bastante o pessoal, que estarei orando por você aqui! Na sequência, perguntei se deveria pedir alguma coisa ou fazer algo extra, pois apesar de não saber com profundidade, meus Mentores ficaram deveras preocupados. “Não, faça apenas o que disse”. Chamei o grupo de volta à minha residência para concluir e agendar o feito. Dia tal, peguem “as coisas” e vamos para a floresta. Vou pedir autorização ao órgão ambiental etc. Quando acabei de falar, um dos integrantes do grupo perguntou-me quanto custaria, qual seria a Salva, pois o grupo estava consciente da responsabilidade que fora depositada nas minhas costas. Com aquele ar de que estava ciente da dimensão, parei por alguns instantes, com aquele ar pensativo e disse de boca cheia: “uma vela de sete dias, sete charutos, sete caixas de fósforos e um marafo”. Quando acabei de falar, ficaram me olhando com aquela expressão de que estavam aguardando o grande valor. Um deles perguntou: o que mais? Fui lacônico, nada! Neste instante, comentaram que a cada trabalho com os médiuns da casa, o mais barato tinha sido uma máquina de lavar roupas. Bem, eu só queria aquilo. No mínimo, deviam estar pensando que eu era o cara, isso, aquele com o maior poder do mundo. Na data aprazada, chegaram os dez carros abarrotados com “as coisas” e fomos à floresta. Lá chegando, orientei que cavassem um buraco, quebrassem e enterrassem tudo. Intuído, preparei uma oferenda na mata, com muitas flores e frutos, no sentido de agradecer a permissão por lá deixar as “coisas”. E não eram poucas… Inclusive, a contragosto, alguns médiuns ficaram inconformados em enterrar o ouro e prata que faziam parte das “coisas”. Bom, terminado o trabalho, com sinais positivos da natureza (só quem estava pode registrar o que aconteceu), fomos embora. Chegando em casa com a Salva que pedi, assentei e… bom, os oito anos seguintes foram o terror e até hoje me recupero… Mais tarde, quando fui ao encontro daquele que era o meu mestre na ocasião, fui chorar as mágoas, pois eu estava “mais por baixo que sovaco de cobra”. A coisa estava pegando. Aí, ele me perguntou: “e aí, quanto você pediu para fazer o serviço?” Ora, respondi eu, uma vela de sete dias, sete charutos, sete caixas de fósforos e um marafo. Ele bradou… “Só isso, você tinha que pedir X, pois o entrechoque vai ser muito violento”. Pensei: É, né…
Em função desta triste experiência, comecei a analisar a Lei de Salva e conclui, que pode e deve ser aplicada em alguns casos. Como a Salva vai além de um mimo, na Umbanda esta questão veio mais presente na Raiz Africana, quando Salva não é para remunerar o Espírito, óbvio, a Salva existia e existe para remunerar um serviço, pois o realizador será “cobrado” de várias formas por parte dos descontentes, deste e de outros planos.”      
 Por Thashamara – um Iniciado da Umbanda do Cruzeiro do Sul

Como vimos, a Lei de Salva está totalmente imbricada com a honestidade de quem a aplica, com o discernimento ético, e principalmente com o uso adequado da regra acima estabelecida. O uso indiscriminado e abusivo, como vemos existir em muitos lugares, de qualquer tipo, em qualquer circunstância é deplorável, desonesto.
Por fim saibam: a Lei de Salva tem regras invioláveis, ela também tem a sua contraparte de retorno para aqueles que dela abusam, portanto, melhor conhecer a fundo essa lei e refletir sobre nossos próprios atos e como diz Mestre Yapacani: “É triste vermos como a queda desses verdadeiros médiuns magistas é vergonhosa, desastrosa até… Começa acontecer cada uma a esses infelizes! Desavenças no lar, separações, amigações, neuroses, bebida, jogo e uma série de “pancadarias” sem fim, inclusive o desastre econômico (…) e no final de tudo, verdadeiros trapos-humanos (…).”
por Mãe Mônica Caraccio

Estudar, saber, conhecer é a melhor forma de evoluir, de agir e de se assegurar que tudo está dentro da Lei Divina.

Catimbó ou Jurema Sagrada?