quinta-feira, 29 de outubro de 2015




Contos de Vivekananda






Vou contar-lhes uma história. Uma leoa em busca de presa chegou a um rebanho de ovelhas.

Ao saltar sobre uma delas, deu à luz a um filhote e morreu ali mesmo. 

O leãozinho criado no rebanho comia grama e balia como um cordeiro. Nunca soube que era um leão. 

Um dia, outro leão deparou com o rebanho e ficou espantado de ver aquele enorme leão comendo relva e balindo. 

Ao avista-lo, o rebanho fugiu e, junto, o leão carneiro.

O leão, porém, esperou por uma oportunidade e, um dia, encontrou o leão carneiro adormecido. 

Despertou-o e disse-lhe: - Você é um leão. - O outro respondeu: - Não – e começou a balir como uma ovelha. 

Então o leão intruso levou-o a um lago, pediu-lhe que visse sua própria imagem refletida na água e verificasse se não era parecida com a dele. 

O leão criado no rebanho verificou a semelhança. 

Então o leão forasteiro soltou uns rugidos e pediu ao outro que fizesse o mesmo. 

O leão-carneiro experimentou sua voz e logo estava rugindo com força idêntica: não era mais um carneiro.

Meus amigos, gostaria de dizer-lhes que vocês são fortes como leões.


Suponhamos que vamos todos buscar água em um lago, levando vasilhas em nossas mãos. 


Um leva uma xícara, outro um jarro, um terceiro um balde e assim sucessivamente. 

Todos enchemos nossos recipientes. 

Em cada caso a água naturalmente toma a forma do frasco usado. 

Quem levou uma xícara traz a água em formato de xícara; a água levada na jarra tomou o feitio da jarra. 

De qualquer modo, há apenas água e nada mais em cada recipiente.

Comparativamente, o mesmo sucede com as religiões. 


Nossas mentes são as vasilhas e cada um de nós está procurando alcançar a realização de Deus. 

Deus é como a água, preenchendo diferentes vasilhas. 

Em cada uma, a visão de Deus adquire a forma da vasilha. 

Contudo, ele é um. 

É Deus em cada caso.

Todos ouvimos falar de fraternidade universal e de como instituições e nações se empenham em fazer dela sua bandeira. 

Lembro-me de uma velha história. 

Na Índia, considera-se péssimo tomar vinho. 

Dois irmãos desejaram, certa noite, beber vinho em segredo. 

O tio, homem muito ortodoxo, dormia num quarto próximo ao deles. 

Antes de começar a beber, eles combinaram: “Precisamos conservar-nos silenciosos para não acordar nosso tio”. 

Enquanto bebiam repetiam: - Silêncio! O tio vai acordar – tentando cada um silenciar o outro. 

Como a gritaria aumentasse, o tio despertou, entrou no quarto e descobriu tudo.

Todos nós gritamos como esses bêbados: Fraternidade universal! Somos todos iguais, portanto vamos fundar uma seita. 


– Assim que a seita é fundada, você protesta contra a igualdade, e lá se foi a igualdade.


Fonte: Vivekananda – Professor Mundial, Ed. Madras 
[Agenda] Instituto Cultural Sete Porteiras
Veja esse email no seu navegador

Confira os Cursos

Novembro/2015

Lei de Pemba III • Zé Pelintra e a Linha dos Malandros • Yemanjá: Mistérios e Encantos • Altares e Tronqueiras • Magia de Pemba • Exu do Fogo (Mód. I) • Concentração com Santo Daime • Apresentação do Grupo Nascente Artes
Lei de Pemba III
Ed Pellizzari
08/Novembro (Domingo)
Horário: 13h às 18h
Investimento: R$ 98,00

 
Altares e Tronqueiras
Jorge Scritori
21/Novembro (Sábado)
Horário: 19h às 22h
Investimento: R$ 60,00


 
Concentração com Santo Daime
Jorge Scritori
28/Novembro (Sábado)
Última concentração de 2015
Horário: 18h30 às 23h30
Investimento: R$ 90,00
 
Zé Pelintra e a Linha dos Malandros
Marcel Oliveira
15/Novembro (Domingo)
Horário: 13h às 16h
Investimento: R$ 98,00
DIA DA UMBANDA
Magia de Pemba
Ed Pellizzari
22/Novembro (Domingo)
Horário: 13h às 18h
Investimento: R$ 98,00
Somente os alunos que fizeram os 3 módulos de Lei de Pemba
Apresentação do Grupo Nascente Artes
Grupo Nascente
29/Novembro (Domingo)
Horário: 13h às 20h
Investimento: R$ 10,00 por pessoa que será revertido para o grupoMédicos Sem Fronteiras(www.msf.org.br)
 
Yemanjá: Mistérios e Encantos
Alexandre Yamazaki
20/Novembro (Sexta)
Horário: 20h às 23h
Investimento: R$ 50,00
 
Exu do Fogo • Mód. I
Thiago Augusto
27/Novembro (Sexta)
Horário: 20h às 23h
Investimento: R$ 60,00

Venha em nossas Giras

Instituto Cultural Sete Porteiras do Brasil

OUTUBRO/2015
Caboclos
05/11
às 20h  (Quinta-feira)

Baianos
12/11
às 20h (Quinta-feira)

Preto Velho
19/11
às 20h  (Quinta-feira)

 
Exu
26/11
às 20h (Quinta-feira)

Preto Velho
30/11
às 20h (Segunda-feira)
 

Atendimentos Individuais

Instituto Cultural Sete Porteiras do Brasil

Ambulatório de Florais (Ligue para agendar um horário) • (11) 2089-0327
Atendimento Ambulatório de Florais
com Barbara Scritori
Horário marcado
40 minutos por pessoa
Vagas Limitadas (60)
Investimento: 
Avaliação
 
 
Copyright © 2015 Instituto Cultural Sete Porteiras do Brasil, All rights reserve

UMBANDA: ORI - a DIVINDADE INTERNA do homem.

Os Guias Reencarnam?