domingo, 21 de maio de 2017

Ter ou não ter FÉ ?

Conheça a história
Antonio Carlos Evangelista,

Sabemos que a Fé não pode ser ensinada, herdada ou mesmo comprada.

É algo que está no íntimo de cada um e que pode ser fortalecida, estimulada, despertada, seja pela própria pessoa e/ou por questões externas.

Fazer parte de uma religião, seja ele qual for, é uma forma prática de termos a nossa Fé estimulada e renovada a todo momento. Renovada não só no sentido religioso, mas em todos os setores da nossa vida.

A religião nos proporciona esse estímulo, que naturalmente dá a qualquer indivíduo uma maior capacidade de realização, pois o encoraja, o fortalece, despertando no próprio uma força íntima e capacidade muito maior para buscar o que deseja.

Na Umbanda, assim como em qualquer outra religião, é a Fé que materializa o bom resultado que todos estão buscando, do dirigente ao consulente, todos precisam estar envolvidos pela energia Fé, para que o que está sendo buscado, seja alcançado.

A preparação do médium, o estudo e o seu comprometimento, sem dúvidas que dão a ele a segurança necessária para que ele possa exercer um bom trabalho e ser um bom intermediador entre o plano espiritual e o material.

Mas se a sua Fé estiver abalada, se esse médium não estiver completamente envolvido, acreditando plenamente no trabalho que está sendo realizado, pouco ele conseguirá doar e receber. Já vi vários médiuns, com um grande potencial, dedicados, comprometidos, envolvidos com as causas do seu Terreiro, porém sem confiança, estavam sempre na espera de provas para se certificarem do poder das Divindades e Entidades.

Precisamos entender que a transformação só acontece quando acreditamos nela. Não temos que esperar o resultado, para então acreditar na capacidade dos nossos guias.

Resumindo em poucas palavras, precisamos “Crer para ver”.

E crer, independente de como esteja a situação, boa ou ruim, difícil ou fácil, não importa!

O tamanho da nossa Fé só pode ser medida quando estamos em um momento difícil, que precisa ser superado.

Isso também faz parte do nosso aprimoramento moral e mediúnico.

Como disse Carlos Drummond de Andrade:

A dor é inevitável.

O sofrimento é opcional...

Resumidamente, ter Fé é primeiro colocar o pé, para que depois Deus coloque o chão.
Alan Barbieri
Gratidão,
Alan Barbieri
Postar um comentário

O que é o Congá e sua finalidade?

New post on  Umbanda 24 Horas As funções do Congá by  Editor • atrator: atrai os pensamentos que estão à sua volta num amplo m...